Cinco motivos para fazer compras no brechó

Aprenda dicas que podem ser muito úteis, principalmente na época de frio

Qual é o problema de utilizar uma roupa que outras pessoas que você não conhece já vestiram? Nenhum! Muito pelo contrário, existem argumentos ambientais que incentivam esse tipo de comércio. Uma boa lavagem e uma linha e uma agulha fazem milagres e evitam desperdício de recursos naturais. Confira cinco vantagens de comprar em brechó e fazer dele o primeiro local para aquisição de "novas" roupas:

1. Menos energia, menos produtos químicos.

É preciso energia para transportar o algodão das fazendas para as manufaturas têxteis, para os varejistas e, finalmente, para os consumidores. Durante a fabricação, muita energia é consumida ao longo dos processos de lavagem, dimensionamento, branqueamento, enxágue, tingimento, impressão e finalização. Uma vez que o consumidor não mais deseja as peças de vestuário, energia é necessária para destiná-las adequadamente. Portanto, a compra em brechós evita que roupas usadas parem em aterros sanitários e também poupa energia ao serem utilizadas por mais tempo. Reciclar ou reutilizar roupas gasta apenas uma pequena fração da energia para a fabricação a partir da matéria-prima. Alem disso, o algodão é uma das lavouras que mais consomem pesticidas no mundo. O uso extensivo de pesticidas leva a acidificação do solo e esgotamento da agricultura, que causa hipóxia em corpos d’agua ao redor, danificando os ecossistemas. Diminuir sua demanda por algodão vai diminuir o uso de pesticidas químicos aplicados no cultivo do algodão, o que é um ganho considerável para o meio ambiente.

2. Reduzir o consumo de água

A água é consumida em praticamente todos os estágios de produção das roupas. Para se produzir um quilo de algodão, são utilizados mais de 20 mil litros de água. O uso intensivo de pesticidas associado ao cultivo pode contaminar rios, lagos e lençóis freáticos. O processamento do algodão consome 150 litros por quilo e mais 180 litros para tingimento. Também é preciso água para gerar a eletricidade usada em todos os processos de fabricação, embalagem e transporte. Uma camiseta de algodão requer cerca de 2,5 mil litros de água, em média, para ser produzida. Uma calça jeans consome cerca de 10 mil litros.

3. Consumo mais responsável

Consumir de forma mais responsável, evitando comprar peças em excesso e que não serão muito usadas, também é uma forma de poupar a natureza. Antes de comprar, pare para se perguntar se realmente usará a roupa, se ela é de fato necessária e se não apresenta nenhum rasgo ou defeito.

4. Economize dinheiro

O consumo responsável e em brechós  requer mais tempo e consideração. Tendo critério e bom senso, é possível economizar muito dinheiro.

5. Fazer bem para a natureza e para a comunidade

Doar suas roupas usadas para brechós significa compartilhar com a comunidade e promover reutilização. Outra opção interessante é encaminhar as peças que não estão mais sendo usadas para instituições de caridade, onde essas roupas serão de grande utilidade.

Caso deseje encontrar postos para doação de suas peças usadas, a eCycle te ajuda, clique aqui e encontre os locais mais próximos de você.


Imagem: Neesa Rajbhandari


Veja também:


 

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail