Quais os compostos químicos presentes no condicionador de cabelos?

Saiba quais são e quais danos esses químicos podem causar ao cabelo e ao meio ambiente

O uso do xampu retira não só as impurezas do couro cabeludo e do próprio cabelo, como também o seu óleo natural, necessário para proteção. Para evitar isso, usa-se o condicionador em seguida, pois além de devolver aos fios esse elemento, ele também ajuda a desembaraçar e reparar danos causados durante o dia-a-dia, como uso excessivo de secador, tinturas e exposição à água do mar ou piscinas. O condicionador é o responsável por fechar as cutículas do cabelo, formando uma película protetora nos fios, que impede a desidratação e deixa os fios mais fortes e maleáveis.

Que os condicionadores contêm muitos componentes químicos, todos nós sabemos. Mas quais deles podem afetar a nossa saúde e o meio ambiente? A seguir veremos alguns dos mais usados pelas marcas atuais, de acordo com dois sites (veja mais aqui e aqui):

-Álcool Isopropílico: impede o crescimento de bactérias durante o uso dos produtos, mas, infelizmente, pode contaminar corpos d’água quando está em grande concentração e causar lesões na pele, além de irritação nas vias respiratórias;

-Parabenos: também fazem papel de combate às bactérias, mas podem confundir o sistema endócrino quando assimilados pelo organismo, o que pode gerar diversas doenças. Quando são levados pelo esgoto até rios e lagos, causam o mesmo problema em peixes;

-Cyclopentasiloxane: silicone responsável pela formação do filme protetor. É apontado como uma toxina ambiental com possível poder de bioacumulação. Quanto aos riscos que oferece aos humanos, estudos sobre sua relação com câncer e neurotoxicidade têm sido desenvolvidos;

-Metilisoazolinona e Metilcloroisotiazolinona: apesar de ainda não haver comprovações de sua capacidade de poluição ambiental, essas substâncias, usadas em condicionadores como conservantes, podem causar hipersensibilidade aos humanos e são indicadas como causadoras de alergias;

-Óleos minerais: provenientes do petróleo, já que são mais baratos, esse óleos não são reconhecidos pelo organismo como nutrientes e, portanto, apenas deixam a superfície oleosa. Além disso, a sua fabricação causa produção de gás carbônico e poluição da atmosfera.

Consulta

Uma forma de saber se o seu item cosmético possui contaminantes ambientais é consultar o site Skin Deep, que elenca quais são as substâncias nocivas utilizadas em mais de 79 mil produtos. Ele está em inglês por ser uma iniciativa estrangeira, mas lá podem ser encontrados diversos itens produzidos por empresas multinacionais e que estão à venda no Brasil.

As marcas de cosméticos que prezam pela natureza e incorporam à sua política o conceito de sustentabilidade oferecem condicionadores livres de alguns dos componentes vistos acima, como os parabenos, álcool isopropílico e derivados de petróleo. Dê preferência a esse tipo de produto.

Veja também:
-Componentes de xampus tradicionais podem causar problemas ambientais
-Site informa o nível de dano à saúde de 79 mil cosméticos e produtos de higiene


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail