Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Conheça o guarda–chuva “eco-friendly” feito com materiais recicláveis e naturais

Todo mundo precisa de guarda-chuva no verão, principalmente, aqueles que vivem em regiões do país em que chove muito nessa época do ano. Só que esse quebra galho já é famoso por não aguentar mais do que dois bons temporais. Por isso, a compra e o descarte desse material é frequente. Não há ponto de ônibus ou saída de metrô em que não haja um vendedor oferecendo sombrinhas por R$ 10. Infelizmente, esse consumo de guarda-chuvas acaba tornando-se um problema por causa do lixo que acumula. E como contornar essa situação?

Guarda-chuva sustentável

Foi pensando nessa questão que a marca americana Green Home lançou o seu guarda-chuva “eco-friendly”. Ele é feito a partir de materiais reciclados e oferecido nas cores verde e preto. O cabo é constituído por 65% de madeira fragmentada – que se decompõe em duas ou três semanas após o descarte – e o restante é feito de aço permeável, dispensando a utilização de plástico.

Para a cobertura de tecido, foi utilizada uma mistura de plástico reciclado triturado que, depois de ser derretida, forma a estrutura que protege dos pingos de chuva. O plástico é um material de baixo custo, poluente, feito a partir do petróleo – combustível fóssil não-renovável responsável por grande parte da degradação ao meio ambiente.

O guarda-chuva é anunciado como uma alternativa verde, já que reduz o uso de petróleo em seu processo de produção. O único problema é o preço, de fechar o tempo (US$ 32), quase seis vezes mais caro que o do camelô. Mas pelo menos, esse vai durar um pouco mais na sua mão e muito menos no meio ambiente.

E o que fazer com o velho?

A equipe eCycle pesquisou algumas dicas de como aproveitar seu guarda-chuva velho e mostra o que andam inventando por aí.

Confira as fotos do site Madeira em Forma!


Veja também: