Sete dicas para usar melhor o seu tempo

eCycle

Você acha que precisa de mais foco para aproveitar melhor o seu tempo? Talvez essas dicas ajudem!

melhor uso do seu tempo

O seu dia só tem 24 horas e não adianta tentar, você não vai conseguir ganhar minutos a mais (o dia em que acaba o horário de verão não conta!), mas também não há motivo para pânico. Apesar de a vida de todo mundo estar corrida, há alguns modos de aproveitar melhor o tempo. Confira essas dicas de como usar melhor o tempo, que podem te ajudar bastante:

1. Desacelere

"Ué? Desacelerar? Mas eu preciso fazer um monte de coisas". Esse não é um jeito intuitivo de ver o tempo, mas olhar para as coisas e situações estando em um ritmo mais tranquilo te ajuda a pensar sobre o que é mais importante para você.

Imagine que você está dirigindo seu carro em uma estrada cercada por uma linda floresta. Seu aparelho de som está reproduzindo o hit do último verão enquanto você conversa com um amigo que está no banco do passageiro e, antes que você note... Você percorreu a floresta inteira e nem percebeu as belezas da paisagem. É como se você nem tivesse passado por ali.

Agora imagine que, em vez de estar dirigindo um carro barulhento, você está caminhando por essa mesma floresta. O verão está vagarosamente se transformando em outono, a temperatura está amena e você vê a riquíssima diversidade de cores e aromas enquanto enche os pulmões de ar.

A sua caminhada se torna dez vezes mais importante só porque você desacelerou. Fazer as coisas num ritmo mais leve, muitas vezes, possibilita perceber as coisas que estão a sua volta e, assim, você pode pensar sobre como gastar melhor o tempo, seja numa caminhada na floresta, divertindo-se com alguém que você ama, tocando um instrumento ou até trabalhando em um relatório para o trabalho.

2. Estruture o seu tempo livre

Segundo o pesquisador Mihaly Csikszentmihalyi, no seu livro“Flow”, a hora do almoço de domingo é o momento "mais triste da América". Isso porque esse é o momento em que as pessoas são menos produtivas na semana, nos Estados Unidos. De acordo com a pesquisa, as pessoas ficam estranhamente mais focadas e motivadas no trabalho porque a estrutura do ambiente proporciona essas sensações. É com base nisso que o pesquisador recomenda estruturar o tempo livre. "Ué, mas o tempo livre não precisa ser livre"?

Csikszentmihalyi argumenta que, quando não estruturamos nosso tempo, nós acabamos gastando-o com atividades sem muita importância ou ficamos pensando sobre coisas sem muito foco ou cuidado. Estruturar o seu tempo, mesmo quando ele é livre, pode te deixar mais motivado, focado, e até feliz, já que te dá uma direção e um propósito, permitindo que você faça um melhor uso do seu tempo.

Para o autor, quando você tem um propósito por trás de suas ações, você se sente mais produtivo e feliz (mesmo se o seu propósito for não fazer nada por uma hora ou duas).

3. Mantenha um "diário de tempo" para ver o que você está fazendo de errado

Organizar um "diário de tempo" te faz ver exatamente como você gasta suas horas ao longo do dia, e isso pode ser um modo eficiente de descobrir uma maneira melhor de usar o seu tempo - existem aplicativos de celular que facilitam essa tarefa. Manter um diário desse tipo, em que você anota o que faz em cada hora do dia, te dá algumas vantagens, como:

  • Permite que você observe seus padrões e tendências de como você gasta seu tempo;
  • Faz com que você veja quais atividades impactam a sua produtividade mais profundamente (ex: como uma boa noite de sono afeta a sua motivação no dia seguinte);
  • Faz você possivelmente desvendar o real motivo de querer gastar seu tempo com coisas não importantes;
  • Permite que você observe se as suas prioridades estão mesmo sendo prioridades (ex: considera a família importante, mas passa a noite inteira vendo TV).

Quando você mantém um diário de tempo, é muito mais fácil mudar hábitos; e isso acontece por que você vê, na sua frente, exatamente quais mudanças você precisa fazer para alterar o seu modo de gastar tempo. Parece uma tarefa simples e superficial, mas pode produzir resultados profundos.

4. Faça menos coisas

Quando você faz menos coisas (e uma coisa de cada vez), você divide menos o seu tempo, e então você tem muito mais de você para dar aos seus projetos. Por isso, uma das melhores maneiras de gastar melhor o seu tempo é simples: fazer menos coisas.

Pergunte a você mesmo se você está fazendo muita coisa. Fazer menos não é o modo intuitivo de usar melhor o tempo, mas você recebe uma melhoria no foco porque você pode investir bastante do seu tempo em você e nas coisas que você quer fazer.

5. Pense sobre o que mais importa para você

As pessoas gastam tempo de forma diferente: um indivíduo pode investir bastante tempo tentando desenvolver uma carreira vitoriosa, enquanto outro pode achar mais importante construir uma vida em família.

Tire tempo para pensar sobre o que é realmente importante para você. E então invista o seu tempo nisso! Parece um conselho simples, mas, acredite, pouca gente o leva adiante. A correria do dia a dia faz as pessoas sequer pensaram sobre a rotina. Mas se você não sabe o que é que realmente te importa, como gastar tempo com o que realmente importa?

6. Foque em atividades importantes

Algumas atividades do seu dia podem ser leves e tranquilas, mas não te dão muito retorno. Pense no hábito de assistir televisão, por exemplo. Se você assistir três horas de TV por dia, e se você viver até os 80 anos, você gastará dez anos da sua vida vendo TV! Você poderia ter investido esse tempo em outras atividades mais benéficas para sua felicidade e para seus objetivos.

Sim, há exceções, já que existem ótimos programas de televisão e, muitas vezes, só queremos chegar em casa e ver um pouquinho de TV para relaxar. A dica é só para evitar esse exagero que muitas vezes nos puxa para o buraco negro do sofá. Tente reservar tempo para fazer atividades importantes, que te deem algum tipo de retorno.

7. Saiba a quantidade de tempo que você tem - e viva de acordo com ele

Segundo dados da American Time Use Survey, em cada dia de trabalho um cidadão estadunidense gasta 7,6 horas dormindo, 8,8 horas trabalhando, 1,1 hora comendo e 1,1 hora fazendo tarefas pela casa. O que resta? Cerca de cinco horas e meia para fazer o que se quer fazer. Esse cálculo, no entanto, não inclui o deslocamento para o trabalho, o tempo gasto em relacionamentos e o cuidados com filhos e pais.

Se você sabe que não tem muito tempo, é provável que diga "não" para compromissos que não são tão importantes ou que te impedem de fazer coisas mais importantes. Assim, você defenderá o seu tempo livre para fazer o melhor uso dele.

Claro, essas são apenas dicas para você não gastar tempo à toa da pior maneira, mas você também não precisa levar tudo isso de modo tão sério a ponto de ficar estressado e obcecado em não perder tempo. Use as dicas com moderação.


Lista baseada em artigo do Life Hack

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail