Tapetes piauienses são feitos com capim reaproveitável

eCycle

Taboa é a matéria-prima, que pode ser reutilizada por diversas vezes

Fazer tapetes com taboa, uma espécie de capim, por si só já é uma técnica admirável, mas o melhor é o fato de a prática ser totalmente autossustentável. A Trapos e Fiapos, comandada há 27 anos pela piauiense Tereza do Carmo Melo, gostou tanto da experiência que se especializou em produzir tapetes fiados apenas com o material. A planta da taboa é totalmente autossustentável porque mesmo com a retirada do capim, a raiz é preservada, permitindo que a planta cresça inúmeras vezes.

Toda tapeçaria é tecida a mão por mulheres da comunidade de Nova Santa Rita, no Piauí.  Além do resgate da tradição local, é uma fonte de renda e desenvolvimento profissional para a população local.

As peças sempre muito bem executadas também apresentam um cuidado em relação do design. Recentemente, a marca lançou três linhas em parceria com a designer Baba Vacaro, que brincou com as cores para criar as coleções Sertão e Flor, O Sertão Vai Virar Mar e Fios do Sol.

Fonte: Projeto Contem

Veja também:
-Porta-moedas feito com tubo de creme dental
-Artista transforma eletrodomésticos antigos em esculturas de robôs


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail