França incentiva o uso de bicicletas

eCycle

Funcionários são incentivados a ir ao trabalho de bicicleta

Uma série de medidas para incentivar a população a usar bikes em vez de veículos movidos a combustível fóssil foram anunciadas, na última semana, pelo governo francês. A principal mudança será feita pelas empresas. Elas pagarão pelo gasto no transporte de seus funcionários e, em troca, ganharão incentivos fiscais.

O ministro dos Transportes, Thierry Mariani, destacou que o sistema é similar ao que existe na Bélgica, onde paga-se 21 centavos de euro por quilômetro rodado.

A norma, apresentada em Paris, é resultado de um estudo encomendado pelo Executivo ao deputado conservador e prefeito do 15º distrito de Paris, Philippe Goujon.

Goujon disse ao jornal "Le figaro" que estima em 20 milhões de euros o custo do Estado para indenizar, por quilômetro, as duas milhões de pessoas que vão de bicicleta ao trabalho. Na França, o percurso médio é de cinco quilômetros.

Em entrevista ao jornal Metro, Mariani indicou que outras medidas serão estudadas, como modificar a norma de circulação para permitir que os ciclistas avancem o semáforo vermelho quando virarem à direita; marcar as bicicletas com código para evitar roubos; e construir mais ciclovias.

O ministro destacou que, na França, a utilização desse meio de transporte permite economizar 5,6 bilhões de euros pelos benefícios que proporciona à saúde das pessoas, além de reduzir a emissão de gases poluentes. Para Mariani, se cada europeu pedalasse 2,6 quilômetros por dia em vez de usar um carro, haveria uma redução no transporte em torno de 15% das emissões de CO2 um dos gases responsáveis pelo aquecimento global.

Fonte:www.ecodesenvolvimento.org.br


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail