Cinco marcos da tecnologia verde

eCycle

Conheça avanços tecnológicos que foram marcantes no ano de 2011

Em 2011, a tecnologia verde deu mais alguns passos. A eCycle selecionou cinco inovações internacionais relevantes que despontaram no ano que se passou. Confira:

1. NASA usa energia solar para naves espaciais
Em agosto, a NASA lançou em órbita Juno, uma nave espacial movida a energia solar para uma missão de mais de 3,2 bilhões de quilômetros até Júpiter, a mais longa jornada de uma nave alimentada pelo sol. Em 14 de dezembro, Juno estava distante cerca de 95 milhões de quilômetros da Terra, na órbita de Marte.

2. California atinge marco 1GW
Estado mais verde dos Estados Unidos, a Califórnia alcançou um marco importante de energia renovável em novembro: 1 gigawatt - ou 1.000 megawatts – de produção de energia solar (em geral, contando usinas e residências). Um gigawatt equivale à energia de duas usinas de carvão e é suficiente para abastecer 750 mil casas.

3. Grécia usa energia solar para pagar dívida
Depois de enfrentar uma crise econômica no início do ano, o governo grego voltou seus olhos para a energia solar em setembro, pensando nela como uma das saídas para alavancar a sua economia. Através do "Projeto Helios," o país do Mediterrâneo quer aumentar sua produção de energia solar para 10 gigawatts até 2050 para ajudar a pagar os 21 bilhões de dólares em dívida, de acordo com a União Europeia.

4. Lâmpada alimentada por bactérias
No final de 2011, a companhia holandesa Philips começou a testar uma tecnologia de iluminação futurista, que consiste em construir lâmpadas com sobras de lixo doméstico e prover a luz por meio de cultura bacteriana. Parte do projeto, chamado de “Microbial Home”, tem a intenção de pensar o ecossistema de uma casa utilizando bactérias (a lâmpada não usa eletricidade). Por outro lado, a idéia de convidar as bactérias para dentro da casa pode deixar os consumidores receosos.

5. Veículo movido a vento cruza um continente
O Wind Explorer terminou sua jornada de 18 dias e quase 5 mil quilômetros percorridos por toda a Austrália em fevereiro, estabelecendo vários recordes – incluindo o de primeiro veículo movido por energia eólica a atravessar um continente. Os aventureiros alemães que criaram o veículo, Stefan Simmerer e Dirk Gion, percorreram o caminho de Perth até Melbourne em pouco mais de duas semanas - atingindo uma velocidade máxima de 88 km/h. Confira o vídeo abaixo (em inglês).



 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail