Festival de Cidadania Digital encerra programação com congresso acadêmico internacional

eCycle

Cosimo Accoto (MIT/EUA) e Michel Maffesoli (Sorbonne/FRA) estão entre os convidados estrangeiros

cidadania digital
Imagem: Divulgação

O I Congresso de Cidadania Digital começa nesta segunda-feira (23/11), com grandes convidados do cenário nacional e internacional em torno do debate sobre a comunicação e a cidadania do terceiro milênio. O evento, que reúne nomes como Cosimo Accoto (MIT/EUA) e Michel Maffesoli (Sorbonne/França), vai até a sexta-feira (27/11), com atividades online e gratuitas. O Congresso encerra a programação do I Festival Internacional de Cidadania Digital, evento promovido pelo Centro de Pesquisa Atopos ao longo de todo o mês de novembro. Inscrições em doity.com.br/i-festival-de-cidania-digital#registration.

Segundo Massimo Di Felice, professor da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), o festival busca repensar a ideia de comunicação e cidadania a partir de uma perspectiva transdisciplinar que marca a sua programação desde a primeira semana. “O evento tem como proposta juntar conhecimentos e saberes diferentes, seja do ponto de vista disciplinar, porque integra áreas distintas, seja do ponto de vista epistêmico, pois reúne também saberes indígenas provenientes de fora da academia”, afirma o fundador do Centro de Pesquisa Atopos.

O programa do I Congresso de Cidadania Digital conta com séries, mesas-redondas com convidados nacionais e estrangeiros e o lançamento de livros, entre os quais se destacam dois da Coleção Cidadania Digital, publicados pela Editora Paulus: O Mundo Dado, de Cosimo Accoto, e A Cidadania Digital, de Massimo Di Felice. As atividades serão exibidas no canal do Atopos no YouTube e por meio de videoconferências na plataforma Zoom. Mais informações estão disponíveis em doity.com.br/i-festival-de-cidania-digital#schedule.

“O festival tem também a dimensão perspectiva do terceiro milênio, de um contexto não mais narrável através de uma complexidade sistêmica, mas por meio de uma hipercomplexidade, como afirma James Lovelock. Nenhum elemento, acontecimento ou âmbito da nossa contemporaneidade pode ser lido através de uma perspectiva disciplinar”, explica Di Felice. “Os vírus, a economia, a cidadania, a comunicação têm a ver com uma infinidade de elementos, macros ou micros. A tecnologia nos proporcionou uma visão mais ampla do ponto de vista subatômico, proporcionando que essa hipercomplexidade seja legível de múltiplas formas”.

Programação

A primeira atividade desta segunda-feira (23), às 11h, é a série “Paisagens pós-urbanas e o espaço do terceiro milênio”, que traz como convidados Fabio La Rocca (Université Paul-Valéry Montpellier III, França), Isabel Babo (Universidade Lusófona do Porto, Portugal) e Mariella Nocenzi (Sapienza Università di Roma, Itália). Às 19h o evento terá continuidade com a mesa-redonda “Para além das mídias: vírus, coisas, redes, florestas e conectividade. As tendências e características da comunicação no terceiro milênio”, com Massimo Di Felice (USP), André Lemos (UFBA), Eli Borges Jr. (Atopos/ USP), Jean Segata (UFRS), Lucia Santaella (PUC/SP) e Theophilos Rifiotis (UFSC).

Na terça-feira (24), às 11h, será a vez da mesa-redonda “Consumo e Cidadania Digital”, com Eneus Trindade (Eca USP), Izabela Domingues (UFPE), Patrícia Saldanha, (UFF) e Clotilde Perez (USP), com o lançamento do livro "Há limites para o consumo?". No fim da tarde, às 18h, também será lançado o livro Ecosofia, de Michel Maffesoli, com a participação do autor em diálogo com os professores Juremir Machado (PUC/RS), Massimo Di Felice (USP), Gustavo Torrezan (SESC) e Thiago Franco (UFAM).

A mesa “Pós-Cidades e Redes de Cidadania”, com Eliane Schlemmer (Unisinos) e convidados, abre as atividades da quarta-feira (25), às 11h. Em seguida, às 19h, terá lugar o debate sobre “Linguagens da hipercomplexidade: da verdade aos mundos possíveis”, em mesa com os professores Massimo Di Felice (USP), Miguel Angel Berrenechea (UNIRIO), Viviane Mosé (Usina Pensamento) e Evandro Medeiros (UFOP), mediada por Teresa Neves (UFJF).

Na quinta-feira (26), às 19h, será promovida a mesa-redonda “Cidadania digital: plataformas e ecologias digitais repensando a educação nos contextos online”, com Mario Pireddu (UNITUS – Itália), Genivaldo Monteiro (UEPB) e Beatrice Bonami (ATOPOS/ USP), mediada por Eliane Schlemmer (Unisinos). Já na sexta-feira (27), às 15h, terá o debate sobre “Plataformas digitais e blockchain para a cidadania”, com mediação do Prof. Thiago Franco (UFAM). Entre os convidados estão Tatiana Revoredo (membro fundadora da Oxford Blockchain Foundation), Isabella Moreira Leite (pós-graduanda em Marketing pela Universidade de Londres), Prof. Leandro Yanaze (Unifesp) e o Prof. Marcelo Creimer (FIAP).

Ainda na sexta-feira, às 17h, vai acontecer a mesa “Net-ativismo indígena e as cosmologias nas florestas”, com Thiago Franco (Atopos/UFAM), Eliete Pereira (Atopos/ USP), Soriany Neves (UFAM), Alice Pataxó (UFSB) e Eriki Paiva Terena (APIB). Às 19h terão os lançamentos dos livros da Coleção Cidadania Digital (Editora Paulus), com participação dos autores: O mundo dado, de Cosimo Accoto, e Cidadania Digital, de Massimo Di Felice.

Sobre o Centro Internacional de Pesquisa Atopos

O ATOPOS é uma rede internacional de pesquisa formada por pesquisadores de diversas áreas que, em países distintos, investigam o impacto das tecnologias digitais nos distintos âmbitos da sociedade atual.

Surgida na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), em 2005, a rede tem como objetivo a produção de conhecimento transdisciplinar e inovador, assumindo os compromissos de formar pesquisadores, de produzir publicações e de estender e compartilhar os resultados das investigações por meio de um diálogo com os mais variados setores da sociedade.

O ATOPOS conta com pesquisadores em nível de graduação e pós-graduação procedentes das áreas de Ciências Sociais, Comunicação, História, Arquitetura, Artes, Biologia, Filosofia, Física e Educação.

O festival está sendo divulgado no Facebook do Centro Internacional de Pesquisa Atopos/USP e no Instagram do Atopos.


Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×