Fabricantes de monitores já se preparam para a lei de Resíduos Sólidos

eCycle

Algumas grandes empresas já fazem todo o processo de recebimento de monitores que perderam a vida útil

Os metais pesados contidos em monitores CRT podem representar sérios problemas à saúde humana e ao meio ambiente (cliquei aqui para ter mais informações). E mesmo os monitores LED sendo recicláveis, muitas vezes eles são descartados de forma incorreta. No entanto, isso deve mudar até 2014, quando entra em vigor a Política Nacional de Resíduos Solidos (PNRS). A lei institui a obrigatoriedade de o fabricante espalhar postos de coleta de seus aparelhos próximos a grandes centros de consumo. Se o consumidor não fizer o descarte correto, também pode ser multado.

Algumas empresas estão se antecipando à legislação e já oferecem serviço de coleta e destinação adequado, de acordo com a especialista em gestão ambiental do Centro de Descarte e Reúso de resíduos de Informática (Cedir) da Universidade de São Paulo (USP), Neuci Bicov.

Quais são elas?
As empresas DELL e Positivo já efetuaram a logística completa. Como o Cedir contata as empresas para lhes enviar monitores cuja vida útil já terminou, foi possível testar o atendimento oferecido. "A Positivo atendeu muito bem todas as vezes que foi requisitada a devolução, enviando uma empresa contratada para retirada de forma gratuita”, afirmou Neuci.

A AOC retira os monitores de sua marca de forma gratuita e já esta implantando alguns postos de recolhimento voluntário. Já a Philips utiliza seus postos de assistência técnica para a entrega voluntária de equipamentos.

Falta de serviço adequado
As demais grandes empresas que atuam no ramo de monitores no Brasil não apresentam serviço satisfatório. Muitas delas fazem muitas exigências burocráticas para a devolução ou só aceitam seus produtos em fábricas bem distantes dos centros urbanos ou ainda sequer recebem os monitores que elas mesmas produziram.

“Infelizmente, hoje enquanto a obrigatoriedade de possuir postos de arrecadação dos equipamentos eletroeletrônicos em todo país ainda não esta regulamentada, muitas empresas dificultam esse retorno”, finaliza a especialista.

Para conhecer mais sobre o Cedir, clique aqui.

Para saber detalhes sobre descarte de monitores, clique aqui.

Para ver quais são os postos de descarte mais próximos de você, clique aqui.


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail