Joias e bijuterias podem causar problemas de saúde

eCycle

Crianças estão entre as mais prejudicadas pelo contato com esses produtos constituídos de materiais danosos à saúde

Muito populares por sua diversidade e preço acessível, algumas coisas são boas demais para ser verdade. O que levou alguns a se perguntarem, será que bijuteria faz mal a saúde de quem a usa?

É o que concluiu um estudo do Ecology Center acerca de joias e bijuterias de baixo custo, não raramente usadas como ornamentos em crianças. Os cientistas testaram índices de presença de produtos químicos nesses acessórios, tais como mercúrio, chumbo, cádmio, arsênio, bromo e cloro (PVC). Esses materiais têm sido associados a impactos na saúde a longo prazo em animais e humanos, contaminação capaz de ocasionar problemas como defeitos de nascimento, deficiência de aprendizagem, toxicidade hepática, câncer e alergias.

Após análises em quase 100 peças, de 14 lojas diferentes, os resultados encontrados foram alarmantes. Mais de metade (59%) dos itens continha um ou mais produtos químicos perigosos em níveis elevados. Por exemplo, 27% deles continham cádmio, um conhecido agente cancerígeno. O chumbo encontrado em 27% dos ornamentos excede o limite imposto pela Comissão para Segurança do Consumidor (CPSC).

Outras substâncias contaminantes foram encontradas em níveis acima do permitido: cromo em 93% dos produtos, níquel em 30%, retardantes de chama bromados em 7% e cloro em 12%. Outros produtos químicos analisados ​​incluem mercúrio e arsênico.

De acordo com CSPC, deve-se evitar que crianças tenham contato com esse produtos. "Engolir, chupar ou mastigar essas joias e bijuterias pode resultar em exposição ao chumbo, cádmio e outros metais pesados​​, que são conhecidos por serem tóxicos em determinados níveis de exposição".

Embora seja uma pesquisa baseada nos Estados Unidos, e não existam leis que intensifiquem a fiscalização sobre os materiais envolvidos nesses produtos, devemos ficar atentos. Muitos deles  têm a mesma origem, geralmente importados de fábricas de países asiáticos ou mesmo do próprio EUA. Mesmo que sejam fabricadas no Brasil, também podem haver riscos, já que não há testes conclusivos a respeito por aqui. Um consumidor consciente e atento tende a obter frutos duradouros a longo prazo. Procure sempre opções alternativas (veja mais aquiaqui) de acessórios potencialmente menos danosos à saúde, evitando assim a contaminação por tais substâncias.

Assista ao vídeo com mais informações dos cientistas envolvidos na pesquisa e seus resultados:

Sabia que bijuterias e joias são recicláveis? Veja aqui opções após seu uso ou postos de reciclagem que aceitam esses produtos.


Fonte: Ecology Center


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail