Cápsulas de café espresso usadas: existe reciclagem? O que fazer?

eCycle

Apesar de práticas, cápsulas de café espresso usadas requerem cuidados específicos para reciclagem. Saiba o que fazer com elas!

Sachês

É inegável a praticidade proporcionada pelas cápsulas de café. Em alguns minutos, sem muito trabalho nem louça suja, qualquer pessoa pode fazer o famoso espresso (na grafia original em italiano) em casa e dar aquela levantada no ânimo! Mas você já parou para refletir sobre qual o destino das suas cápsulas de café usadas?

A evolução do café para o seu consumo em cápsula, principalmente no caso dos modelos com embalagens feitas de plástico, como é o caso das cápsulas Dolce Gusto e Três Corações, causa preocupação em críticos e cientistas. A apreensão se deve aos diversos tipos de plástico utilizados na fabricação dessa versão das cápsulas, o que dificulta sua reciclagem - além do tamanho reduzido, que faz com que o produto não seja comercialmente interessante para a coleta seletiva tradicional.

Também existem cápsulas de café feitas de alumínio, como é o caso das cápsulas Nespresso, as mais vendidas no Brasil, que são 100% recicláveis. A empresa se responsabiliza pela logística reversa do produto, composto apenas por alumínio e pó de café, mas o consumidor precisa fazer sua parte e levar as cápsulas usadas nos postos de coleta específicos oferecidos pela marca.

Saiba mais sobre a reciclagem de cápsulas de café feitas de alumínio:

No caso das cápsulas de alumínio, em cidades ou regiões onde não há postos de coleta da Nespresso ou se você quiser consumir outras marcas que também fabricam cápsulas de alumínio, a dica é separar a parte de alumínio da borra de café após o consumo. Lave o alumínio com água de reúso, se possível, e coloque-o na lixeira para reciclagem. O alumínio tem um bom valor no mercado de reciclagem, então seu reaproveitamento é economicamente viável. A borra de café pode ser compostada ou usada para outros fins.

Confira as matérias "Cápsulas de café espresso: convenientes, mas cuidados são necessários" e "Mitos e verdades sobre a reciclagem de cápsulas Nespresso" e entenda os dilemas envolvidos no consumo do produto.

O ciclo produtivo de uma cápsula de café acarreta mais problemas ambientais do que o de um saco de café - mas tome cuidado com embalagens a vácuo, que são de difícil reciclagem. Apesar de dar mais trabalho ao consumidor final, as cafeteiras tradicionais continuam sendo a solução mais ecológica, pois não produzem tantos resíduos como as cápsulas de café individuais - se você levar seu próprio pote e comprar o café a granel, melhor ainda.

Crescimento do consumo

cápsulas de café

As cápsulas de café chegaram ao Brasil em meados dos anos 2000 e apenas no ano de 2015 foram vendidas mais de 7.000 toneladas dessas pequenas embalagens. Embora a Nespresso seja líder de mercado no Brasil e suas cápsulas sejam de alumínio, a maior parte das cápsulas de outras marcas são compostas por uma mistura de plástico e alumínio, o que dificulta sua reciclagem.

Como já dissemos, as cápsulas feitas totalmente em alumínio têm maiores chances de serem recicladas. Também há alternativas biodegradáveis dos copinhos (mas cuidado com embalagens externas!) e versões que podem ser reutilizadas.

Apesar disso, grande parte das cápsulas de café produzidas no Brasil são feitas de plástico, tendo apenas a tampa de alumínio. As cápsulas de plástico, disponíveis em várias marcas, possuem um microfuro do topo (para que elas aguentem a pressão da extração sem explodir). Outro problema é que esse microfuro deixa entrar ar, o que oxida o café.

Procure as fabricantes

Procurar o fabricante da cápsula de café espresso de sua preferência é uma boa alternativa para entender como reciclar o produto. Grandes empresas têm programas específicos de reutilização e reciclagem desses materiais, como no caso dos postos de coleta da Nespresso e Dolce Gusto. Depois de coletadas, essas cápsulas são enviadas para fábricas que separam o plástico e/ou alumínio da borra de café e reciclam os materiais.

No caso de marcas que não fazem a coleta e separação, o próprio consumidor pode separar os componentes das cápsulas, como filme laminado, plásticos e resíduos orgânicos e destiná-los a coletores ou cooperativas. Isso funciona melhor com as cápsulas de alumínio - seja como for, não descarte a cápsula inteira no lixo reciclável, nesse caso é preciso fazer a separação.

O volume de cápsulas consumidas é muito grande e cresce cada vez mais, enquanto o volume de cápsulas recicladas segue um tabu no setor. As cápsulas de café espresso são saborosas e estão disponíveis em vários sabores, mas, se optar por elas, pense no volume de resíduos descartados diariamente e procure dar-lhes uma destinação correta, para que não acabem indo parar em aterros sanitários. Sempre que disponível, leve suas cápsulas usadas nos postos de descarte específicos.

Artesanato com cápsulas de café

artesanato com cápsulas de café

Outra opção é fazer upcycle (reaproveitamento) com as cápsulas de café usadas. Na rede social Pinterest existem diversas ideias bacanas de como transformar as cápsulas em bijuterias, objetos de decoração ou vasinhos para plantas, entre outras. O Portal eCycle sempre posta diversas ideias de upcycle interessantes no Pinterest, Instagram e Facebook. Siga e não perca as dicas! Na matéria "Artesanato com cápsulas de café espresso usadas" fizemos uma seleção de exemplos para você testar seus dotes artísticos com as cápsulas usadas.

Se você gosta desse jeito de consumir café, preocupe-se com a composição e pense também em como reciclar as cápsulas de café que você consume. Opte sempre pelo descarte consciente, respeitando o meio ambiente. Antes de escolher a marca que irá comprar, veja se as cápsulas e suas embalagens internas ou externas são recicláveis, feitas em alumínio ou com materiais totalmente recicláveis ou biodegradáveis.

Se os postos de coleta são de difícil acesso para você ou se não existe coleta seletiva no seu bairro, talvez valha a pena procurar por outras opções para fazer o seu café. O Moka, feito com a cafeteira italiana, também é super fácil, prático e tem pouquíssimo impacto ambiental - além disso, o café produzido por esse método tem um sabor forte e encorpado, parecido com o expresso. Saiba mais na matéria: "Como fazer café do jeito mais sustentável".

Quer descartar seu objeto com a consciência tranquila e sem sair de casa?


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail