Item 12 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) foca na sustentabilidade da produção e do consumo

Objetivos e metas procuram estimular a ação nas áreas econômica, social e ambiental para os próximos 15 anos

Depois da implementação bem-sucedida dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) no ano de 2000, incentivada pela ONU, está em progresso a definição dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), que vieram para finalizar o trabalho dos ODM e tentar promover o futuro sustentável até 2030, como parte de uma nova agenda de desenvolvimento sustentável.

A agenda foi lançada em setembro de 2015, durante a Cúpula de Desenvolvimento Sustentável. A agenda de desenvolvimento pós-2015 vai refletir novos desafios de desenvolvimento e está ligada à Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável, Rio+20, de 2012.

Os ODS são formados por 17 objetivos e 169 metas para 2030, aprovados pelos Estados-membros em três âmbitos do desenvolvimento sustentável: econômico, social e ambiental. Entre eles, está o objetivo número 12, que foca na produção e consumo sustentáveis - nesse ponto, é possível destacar as seguintes metas:

  • Alcançar uma gestão sustentável e uso eficiente dos recursos naturais;
  • Reduzir o desperdício de alimentos pela metade e reduzir perda de alimentos ao longo da cadeia de produção e abastecimento, em nível de varejo e do consumidor;
  • Alcançar o manejo ambientalmente saudável de produtos químicos e reduzir sua liberação no ar, água e solo;
  • Reduzir a geração de resíduos por meio da prevenção e dos 3 R's(reduzir, reutilizar e reciclar);
  • Incentivar a adoção de práticas sustentáveis em empresas com enfâse em empresas grandes e transnacionais;
  • Promover práticas de compras públicas sustentáveis;
  • Garantir o acesso a informação e conscientização para o desenvolvimento sustentável;
  • Apoiar o fortalecimento das capacidades científicas e tecnológicas em países em desenvolvimento para que seus padrões de produção e consumo sejam mais sustentáveis;
  • Desenvolver e implementar ferramentas de monitoramento do impacto do desenvolvimento sustentável para o turismo sustentável;
  • Racionalizar subsídio ineficientes aos combustíveis fósseis.


Para saber mais a respeito, clique aqui.


Veja também:

  • Arquiteta desenvolve tijolo sustentável que ajuda a reduzir o impacto do carbono na construção
  • Pnuma lança guia sustentável para setor de negócios

  •  

    Adicionar comentário


    Código de segurança
    Atualizar

    Saiba onde descartar seus resíduos

    Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

    Localização Minha localização
    Não sabe seu CEP?

    Newsletter

    Receba nosso conteúdo em seu e-mail