Vinho para combater a depressão

Pequenas doses da bebida podem ter um efeito protetor contra a doença psiquiátrica

O consumo moderado de vinho pode estar associado a um risco menor de desenvolvimento de depressão, de acordo com um estudo publicado na revista científica Biomed Central Medicine. Os efeitos seriam parecidos aos benefícios gerados no combate à doença cardíaca coronariana: a diminuição da sua incidência. O autor principal do trabalho, professor Miguel A. Martínez-González, da Universidade de Navarra, disse que há uma percepção geral de que as duas doenças compartilham algum mecanismo em comum.

A maioria das pesquisas sobre a ingestão de álcool tem como foco os danos causados à saúde, enquanto poucos estudos exploram os possíveis efeitos positivos que o consumo moderado pode trazer. Mas é preciso lembrar que muitos trabalhos mostram que o consumo abusivo está relacionado ao desenvolvimento de doenças mentais, como a própria depressão, e há preocupação em relação ao aumento do exagero no hábito dos brasileiros.

Os cientistas acompanharam, por até sete anos, 5,5 mil pessoas que bebiam pouco ou com moderação. Os participantes tinham entre 55 e 80 anos e nunca tinham sofrido com depressão nem tiveram problemas com bebidas alcoólicas antes. O comportamento dos participantes da experiência foi feito através de visitas anuais dos pesquisadores, de exames médicos frequentes, de visitas a nutricionistas e de questionários respondidos pelos pacientes. As menores taxas de depressão foram observadas entre as pessoas que bebiam entre dois e setes copos pequenos de vinho por semana.

Consumo social

No Brasil, o vinho ocupa o terceiro lugar no pódio das bebidas preferidas. Cerveja e cachaça ficam com o primeiro e o segundo lugares, respectivamente. A preferência pelo vinho tinto passa dos 90% - vinhos brancos e espumantes vêm em seguida. O padrão de consumo de vinho do brasileiro está principalmente ligado a encontros sociais, responsável por 80% de sua ocorrência.

Veja Também:

Consumo de vinho e saúde: os benefícios do resveratrol e os perigos dos sulfitos

-Vinhos orgânicos oferecem mais segurança para a saúde do consumidor e menor impacto no meio ambiente

-Do cultivo ao transporte, entenda os impactos ambientais de cada fase do processo de fabricação do vinho

-Do plantio das uvas ao armazenamento: conheça tudo sobre o processo de produção do vinho

-Vinhos ecológicos: conheça os tipos sustentáveis da “bebida dos deuses”


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail