Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Cientista político que guia a narrativa do documentário Cool It diz que políticas ambientais foram ruins nos últimos 18 anos.

Um documentário que tem como principal personagem o cientista político dinamarquês Bjørn Lomborg, conhecido defensor do ceticismo climático, está dando o que falar na Europa e nos Estados Unidos. ‘Cool It”, ainda sem previsão de lançamento no Brasil, critica a lógica do medo para combater o efeito estufa e os demais problemas ambientais.

Para Lomborg, muitas informações científicas são distorcidas e bilhões são gastos com atitudes que influenciam muito pouco para barrar o aquecimento global, enquanto muitas pessoas sofrem com a pobreza e falta de saneamento. O autor afirma que suposições passionais são colocadas à frente de informações científicas e se dirige diretamente a Al Gore e o filme “Uma verdade Inconveniente”. Ao longo do documentário, Lomborg utiliza muitos dados para afirmar que há muitos problemas de consumo irresponsável que têm relação direta com grandes indústrias e não com o consumidor final, como a lógica do medo faz pensar.

Lomborg não é simplesmente um crítico irresponsável. Ele afirma que o mundo está realmente aquecendo por causa das emissões causadas pelo homem, mas se deve pensar racionalmente para que as atitudes corretam sejam tomadas. Segundo o cientista político, a formação de uma economia maior no futuro irá permitir que as próximas gerações lidem com o problema das emissões causadas pelo homem.  O filme foi baseado no livro “Cool It”, de 2008. Lomborg ficou conhecido como o “ambientalista cético”, título de seu livro mais famoso.

Assista ao filme no início da página.

Cool It
País: Estados Unidos
Ano: 2010
Diretor: Ondi Timoner
Duração: 1h29