Índios usam GPS para garantir demarcação correta de territórios

eCycle

Comunidades indígenas utilizam tecnologia para mapear e demarcar seus territórios

Muito se discute sobre a identidade indígena na contemporaneidade, questiona-se se o índio moderno ainda é índio, já que antes ele se guiava pela natureza e, atualmente, o GPS é um de seus aliados. Mas é justamente essa tecnologia que está ajudando a proteger comunidades indígenas e o espaço que sempre os pertenceu.

Em um encontro de líderes indígenas de 17 países, em 2013, na ilha Sumatra, os índios afirmaram que não hesitam em usar tecnologias de mapeamento a seu favor. Afinal, esse tipo de tecnologia é muito importante para demarcar territórios que fazem parte de suas histórias e catalogar também recursos naturais. Essa ação tem o intuito de combater a destruição de florestas e hidrovias, visto que os governos e indústrias muitas vezes invadem tais territórios sem qualquer respeito pela comunidade que ali habita, além de acelerar processos de degradação do meio ambiente.

Essa adaptação deu-se em razão de uma necessidade. Como os governos e empresas muitas vezes não tinham conhecimento de demarcações de territórios indígenas, os índios tiveram que adotar costumes das normas vigentes na maior parte do mundo para adquirir seu reconhecimento, ainda que seus ancestrais tenham ocupado aquela terra por milhares de anos. Na conferência foram apresentados mapas que demarcavam territórios importantes social e culturalmente para as comunidades - são extensões que fazem parte de sua cultura de caça e onde eles encontram suas plantas medicinais, por exemplo. No Brasil, uma companhia que queria instalar lançadores de foguetes alegou que somente 10 comunidades seriam deslocadas com o empreendimento, em um local ocupado historicamente por indígenas. E foi graças ao mapeamento tecnológico que se conseguiu provar que eram 100 comunidades que seriam afetas. A construção foi impedida.

Protetores do meio ambiente

Estudos comprovaram que a biodiversidade em territórios indígenas, onde ocorre a atividade da caça, é muito maior que em territórios que são protegidos pelo governo. Essa informação não se torna tão surpreendente quando pensamos que os índios possuem uma relação sustentável com a natureza, já que retiram dela apenas o que necessitam e não destroem os recursos naturais, enquanto que as indústrias do sistema de produção em massa e consumo sugam todos os recursos até o fim.

Fonte: Phys.org

Veja também:
-Povos tradicionais têm papel fundamental na preservação da agrobiodiversidade 
-Fogão ecológico é usado como alternativa para os índios Guarani-Kaiowá
-Xingu é eternizado também no cinema


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail