Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Simulando as tensões que incidem nas articulações, novas próteses caninas permitem melhor movimentação

Derby é um cachorro que nasceu com uma má formação nas patas dianteiras e, por isso, usou próteses feitas em impressora 3D para conseguir se locomover.

Mas seu novo par de pernas, feito pela empresa 3D Systems, também via impressora 3D, permite uma locomoção mais rápida e estável, pois faz uso de uma nova técnica que simula as tensões das articulações.

Em vez de impressão tradicional, as próteses são feitas por meio de um novo processo que funde minúsculas partículas até formar um objeto maleável em 3D. Isso permitiu a Derby caminhar e correr como qualquer outro cão.

A nova técnica abre novas possibilidades para recuperação de traumas ortopédicos. Confira no vídeo o resultado e as explicações sobre a técnica.

Fonte: Anda – Agência de Notícias dos Direitos Animais

Veja também:
Composte as fezes do seu cachorro
Saiba como amenizar odores causados pelo seu cachorro em casa