Para que a pressa? Dirigir em velocidades menores polui menos e é mais seguro

eCycle

Dirigir em velocidades menores pode ajudar a consumir menos combustível e poluir menos também

Quais os lugares mais estressantes de uma grande cidade? São muitos: filas de banco, filas de INSS são exemplos clássicos. Mas o grande campeão é o trânsito! Ele é capaz de fazer um monge perder a cabeça! Mas não é assim só quando o trânsito está parado. Quem nunca esbravejou com o motorista da frente que insiste em andar devagar?

Pois é, mas o clichê às vezes é correto; a pressa é inimiga da perfeição. E do meio ambiente também. Isso é o que diz o Departamento de Energia dos Estados Unidos em sua homepage na internet: dirigir em velocidade mais baixa pode economizar de 5% a 33% de combustível. Segundo o organização, a velocidade média para isso é de 88 km/h. Segundo a organização, a cada 8 km/h a mais que um carro anda, ele consome uma taxa adicional de US$ 0,25 (em torno de R$ 0,50).

Outras medidas interessantes ainda são citadas como forma de gastar menos combustível, como evitar colocar muito peso desnecessário nos carros e andar em marcha lenta (existe até uma campanha encorajando os motoristas a desligar o carro). Também ajuda não ficar reduzindo as marchas constantemente.

Claro que ficar andando a 80 km/h por aí nem sempre é possível, principalmente em estradas. Mas não é necessário levar tão ao pé da letra. Basta usar o bom senso. Dirigir em vias locais em velocidade baixa já ajuda, assim como manter uma velocidade média ao dirigir nos fins de semana ou feriados, quando as vias estão menos inchadas que de costume. Mas muitos são os benefícios de desligar o veiculo quando o trânsito estiver parado ou esperando alguém em um ponto de parada rápida - apenas com essa prática pode-se economizar uma grande quantidade de combustível por ano

Campanhas como essas citadas não são uma solução para o problema do desperdício de combustível e para a emissão de gases poluentes na atmosfera. Mas pequenas medidas estão ao nosso alcance e, se praticadas por milhares de pessoas, podem causar um impacto positivo no ambiente. Além disso, não dependem de questões mercadológicas e econômicas, que muitas vezes desaceleram a implementação de tecnologias verdes.

Confira uma lista de atitudes que podem fazer seu veículo poluir menos:

1. Mantenha os pneus do carro com a medida certa de ar. Cada carro tem sua especificidade. É só passar em um posto de gasolina ou mecânico e conferir. O serviço é gratuito. Dessa forma, você economiza gasolina, à medida em que força menos o carro;

2. Se possível, desligue o carro ligado em situações que vão além de uma parada rápida;

3. O ideal é manter o carro em constante movimento. Se for viajar, procure o caminho que tem menos obstruções. Várias arrancadas com o motor frio podem dobrar o consumo, comparando-se a uma viagem de mesma distância com o motor aquecido e sem pequenas paradas;

4.  A revisão é importantíssima. Seu carro pode estar consumindo (e poluindo) muito mais do que precisa – checar regularmente o automóvel é uma medida de segurança e de economia.

Veja também:
-Uso de carros “verdes” pode reduzir as emissões de gases-estufa em 80% nos EUA até 2050
-
Fabricantes montam estratégias para consolidar mercado de carros elétricos


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail