Peças de computador que viram moda

eCycle

Artesã usa lixo eletrônico de computador para fazer bijouterias e outros artigos

Colares, brincos e anéis feitos com objetos ecologicamente corretos são comuns de serem encontrados em barracas de feirinhas das grandes cidades. No entanto, é pouco provável que você já tenha visto bijouterias concebidas com restos de peças de computador, impressoras e utilitários. Pois fique sabendo que isso existe e a criativa responsável pela mescla especial de estética e consumo consciente é a artista plástica brasileira, Naná Hayne.

Brinco feito com restos de peça de computadorHá oito anos trabalhando com e-lixo, Naná já produziu mais de mil peças e não faz sucesso apenas com a juventude. “Tenho clientes em sua maioria jovens, é verdade, mas também se encantam pelas minhas peças pessoas de todas as idades”, disse. Pequenas engrenagens, placas-mãe de computador, teclas de teclado, tudo é matéria prima para Naná, que toma as precauções de segurança ao reutilizar lixo eletrônico e mexer com tais matérias-primas.

Um acesso de raiva deu início ao trabalho da artista. Ela arrancou o cabo da impressora porque não conseguia fazê-la funcionar e percebeu que poderia realizar um trabalho interessante. Mas a preocupação de Naná não é meramente estética para agregar valor às suas peças. “Minha base de trabalho atual, vem desta matéria prima (lixo eletrônico). Somo a ela outras que vou descobrindo, pois o importante em meio a tudo é a mudança de conceitos. Antes de colocar na lata do lixo, penso o que mais posso fazer com isso. É preciso que se procure ver beleza, utilidade, prolongamento de vida, antes de se jogar fora qualquer coisa. Às vezes não nos damos conta de quantas coisas são extremamente benéficas atualmente, mas para isso foi necessário alguém ter pensado em como reutilizar, no passado. Veja-se por exemplo os transplantes de órgãos humanos, o que vem a ser? Reutilização!”, refletiu Naná.

Bolsa feita com placa-mãe de computadorA artista recebe doações dos materiais por meio de amigos, mas, no momento, o estoque está cheio. Segundo ela, falta espaço físico.

Além de bijouterias, Naná concebe quadros e esculturas com resíduos eletrônicos e realiza outros projetos, como decoração de lojas e de home office.

Para conhecer as peças de Naná e comprá-las, entre no blog www.nanahayne.wordpress.com . A faixa de preços varia de R$ 15 a R$ 175 e basta mandar um e-mail para Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. . “Acho que as minhas peças fazem pelo menos as pessoas pensarem sobre o conceito da reutilização, que é o mais importante”, finalizou.


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail