Como fazer limpeza de pele caseira

eCycle

Confira algumas receitas para fazer uma limpeza de pele em casa

Limpeza de pele caseira

A limpeza de pele caseira é uma boa prática para manter a pele de homens e mulheres saudável. Os cuidados com a pele do rosto devem ser diários, levando em conta o tipo de pele de cada pessoa. Mas a limpeza superficial do dia a dia não elimina todas as sujeiras que se acumulam nos poros faciais ao longo do tempo, especialmente no caso dos moradores das grandes cidades. Por isso, para se livrar da poluição que vai ficando no rosto, é importante fazer uma limpeza de pele profunda de vez em quando.

Reunimos algumas dicas para você fazer uma limpeza de pele caseira, sem precisar gastar com esteticista ou em cosméticos industriais, que contém produtos que agridem tanto nosso organismo quanto o meio ambiente, como parabenos, ftalatos e microesferas plásticas.

Uma limpeza de pele caseira e completa é constituída por 5 passos:

1. Limpeza superficial da pele

Semelhante àquela feita todos os dias. Prefira usar sabonetes naturais, sempre adequados ao seu tipo de pele.

Nesta etapa, você já pode utilizar recursos caseiros para a limpeza, como a limpeza com pepino. Corte rodelas de pepino de cerca de 1cm e passe sobre o rosto com cuidado. Deixe agir durante toda a noite e lave de manhã com água fria. Esse método pode ser utilizado todos os dias, sempre antes de dormir. Para uso cotidiano, você também pode fazer um removedor de maquiagem caseiro com óleo de coco.

2. Abertura dos poros

Essa é uma etapa fundamental em qualquer limpeza de pele, pois é por meio da abertura dos poros que será possível remover as impurezas mais profundas da pele. Na técnica caseira, esta etapa pode ser feita com o vapor de alguma erva que ajuda na abertura dos poros e mantém a pele calma, como hortelã, tomilho, manjericão ou camomila. Ou até mesmo com uma gota do óleo essencial de algumas dessas ervas. Mas lembre-se: é preciso utilizar os óleos essenciais em pouca quantidade pois são altamente concentrados.

Coloque três colheres de sopa de tomilho ou 50 folhas de hortelã para ferver junto com um litro de água (ou uma gota de algum dos óleos essenciais das ervas citadas acima). Espere dez minutos de fervura, desligue o fogo e aproxime o rosto do vapor, tomando cuidado para não se queimar. Se achar muito quente, espere esfriar um pouco antes de se aproximar. Para acelerar o processo, você pode cobrir a cabeça com uma toalha, para evitar que o vapor se dissipe muito rápido. Espere cinco minutos e depois seque o rosto com uma toalha limpa.

3. Esfoliação

Uma esfoliação caseira, além de ser mais natural, ainda preserva o meio ambiente das microesferas plásticas presentes nos esfoliantes comuns. O açúcar é um poderoso ingrediente para esfoliantes baseados em técnicas caseiras. É possível fazer desde receitas sofisticadas, como esta com açúcar mascavo, óleo de coco e vitamina E, até opções mais básicas como misturar uma colher de sopa de açúcar mascavo com duas colheres de mel.

Depois é só mexer até formar uma pasta, aplicar no rosto com movimentos circulares suaves e deixar agir por dois minutos. Enxágue com água abundante.

Você também pode fazer uma limpeza de pele esfoliante com sabonete hidratante. Utilize uma colher de chá de sal, três colheres de óleo de coco, quatro gotas de sabonete líquido facial e uma colher de chá de açúcar mascavo. Depois de mexer aplique a mistura no rosto levemente úmido e faça movimentos circulares leves na pele. Logo em seguida já pode enxaguar com água gelada.

Mas cuidado! Como a pele do rosto é mais sensível, o tipo ideal de açúcar para uma esfoliação nesta área é o mascavo, que é bem mais suave que os demais. O açúcar refinado é áspero e por isso só deve ser usado para esfoliar áreas do corpo com a pele mais grossa - no rosto ele pode deixar a pele áspera ou riscada. Já o açúcar cristal, que é muito áspero, não deve ser usado para fins estéticos. O ideal é consultar um médico ou uma médica antes de qualquer esfoliação para saber qual o tipo de açúcar e a proporção ideal para sua pele, pois cada tipo de pele tem um comportamento próprio.

4. Limpeza de pele profunda

Após a esfoliação, é a hora de uma nova limpeza, desta vez mais profunda. Se quiser, você pode espremer cravos e espinhas, mas tome cuidado para não machucar a pele, o que pode causar manchas. Uma boa opção natural para a limpeza da pele é utilizar uma mistura de cúrcuma com suco de abacaxi. Apesar da cor, a cúrcuma tem fortes propriedades antissépticas - e por isso precisa ser usada com cautela, três vezes por semana ou menos, se sua pele for sensível. Misture uma colher de sopa de cúrcuma com algumas gotas de suco de abacaxi até formar uma pasta. Aplique sobre a pele do rosto e do e pescoço e deixe até que seque completamente, em seguida remova e lave bem o rosto com água fria.

Você também pode massagear o rosto com uma mistura de 100g de açúcar demerara moído ou processado em casa (é só colocar no liquidificador por alguns minutos), uma colher de chá de azeite de oliva e uma colher de chá de óleo de coco. Bata tudo no liquidificador e aplique sobre a pele do rosto, massageando com calma. Deixe agir por pelo menos 20 minutos e depois lave com água morna.

5. Tonificação

Por fim, é a hora de tonificar a pele para que ela se mantenha hidratada e se recupere da esfoliação e da limpeza profunda. Você pode usar uma água termal ou alguma máscara caseira. Uma receita simples leva duas colheres de sopa de aveia em flocos finos, meia colher de sopa de óleo de coco e três colheres de sopa de camomila.

Junte todos os ingredientes, misture e passe no rosto. Deixe agir por 20 minutos e depois retire. Essa máscara funciona muito bem para pessoas com a pele mista.

Outra receita leva uma gema de ovo, uma colher de sopa de mel, meio copo de iogurte natural e meia colher de sopa de farinha de trigo. Misture todos os ingredientes até obter uma pasta homogênea, molhe algodão na máscara e passe no rosto limpo e seco. Espere 20 minutos e enxágue o rosto com água corrente.

O iogurte natural também pode ser misturado apenas com farinha de aveia - na proporção de três colheres de sopa do líquido para cada colher de farinha. O modo de aplicação é o mesmo da receita anterior e o tempo de espera deve ser de 15 minutos. Depois é só enxaguar.

Prontinho, agora sua pele já está livre daqueles pontinhos pretos! Só não exagere, o ideal é fazer uma limpeza de pele completa no máximo uma vez por mês, dependendo do seu tipo de pele. Consulte sempre um dermatologista antes de qualquer procedimento mais agressivo e não esqueça de proteger sua pele da radiação UV. O uso diário de protetor solar evita manchas no rosto e previne o envelhecimento precoce da pele. Se quiser fugir dos protetores industrializados, uma opção natural é o óleo de buriti.


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail