Seis dicas para se depilar mantendo a pele saudável

eCycle

Óleos vegetais podem ser ótimos aliados nesse processo

Há vários métodos de depilação e todos eles podem ser prejudiciais à pele se não forem bem feitos. E mesmo assim, às vezes a pele pode não se adaptar (apresentando alergia ou irritação). Contudo, todos eles necessitam cuidados antes e depois do processo.

A depilação à lâmina é considerada o método mais rápido e, às vezes, pode ser o único possível em algumas ocasiões em que se necessita de agilidade (mesmo que não seja o seu preferido). Isso pode ocorrer no meio de um procedimento de longa duração, como a depilação a laser, que é feita em sessões com intervalos de um mês entre cada uma - só que o pelo volta a crescer nesse período e qual alternativa resta? Utilizar a lâmina ou o creme depilatório. Ambos podem causar pelos encravados (foliculite) ou irritação; em peles sensíveis, isso tende a acontecer com maior frequência. Também não é recomendado o uso de hidratantes nem antes e nem depois porque, na maioria das vezes, eles contêm álcool em sua composição e isso pode irritar a pele.

Bom, mas se o hidratante não tiver álcool, tudo bem? Sim, e os óleos vegetais são ótimas pedidas, pois possuem propriedades suavizantes e emolientes, preparando a pele para a depilação. E isso vale tanto para a depilação corporal, quanto para a barbeação.

Por serem de origem vegetal, diminui-se muito as chances de alergias e irritações. Além do que, eles funcionam como uma camada protetora para a pele em virtude dos seus vários princípios ativos.

Não é só o óleo vegetal que auxilia a depilação; é preciso ter a pele limpa também só que, para melhor efeito, siga os passos abaixo e confira como se depilar sem estragar a pele:


  1. Certifique-se de esfoliar a pele ao menos uma vez por semana para retirar as células mortas. Só que não vale fazer isso momentos antes ou depois de depilar - caso contrário você machucará a pele;  faça três dias antes e três dias depois da depilação;
  2. Comece o processo de depilação limpando bem a pele com sabonete neutro e água morna para abrir os poros;
  3. Passe o óleo vegetal, massageando a pele com movimentos circulares o máximo de tempo que puder para lubrificar os fios e proteger a pele;
  4. Prepare um pano quente e realize compressa por 30 segundos;
  5. Faça depilação embaixo do chuveiro utilizando água quente, porque isso abre os poros e aumenta o efeito emoliente do óleo. Faça isso com calma e mantenha os pelos sempre molhados quando for raspar;
  6.  Ao terminar sua depilação, lave a pele cuidadosamente com água fria para fechar os poros. Chá frio de camomila ou hidrolatos (que você pode obter aqui) são boas opções como pós-procedimento por causa de suas ações calmantes.


Lembramos que o óleo vegetal, assim como o hidratante, não é recomendável em processos de depilação que retiram os pelos da raiz, como os que utilizam cera - como as substâncias amolecem os fios, torna-se mais difícil arrancá-los. Utilize óleos 100% puros, provenientes de prensagem a frio que não possuam solventes químicos ou parabenos.

Na Loja eCycle, há diversos óleos vegetais. Clique aqui e confira.



Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail