Geladeiras grandes, prejuízos maiores

eCycle

Geladeiras grandes podem contribuir para danos ao meio ambiente e à saúde

Atualmente, para a maioria das pessoas, imaginar uma casa sem geladeira é quase impossível. A geladeira se tornou um dos eletrodomésticos mais utilizados por um motivo simples: conserva os alimentos por mais tempo. As mais modernas não só incluem outras funcionalidades - filtros de água embutido, por exemplo - como também têm aumentado de tamanho. Mas fique ligado!

O jornalista Dan Nosowitz alerta que geladeiras maiores apresentam danos mais intensos para o meio ambiente, para o seu bolso e para a sua saúde. Dentre os malefícios das grandes dimensões estão a maior demanda energética, aqueles quilinhos a mais e maiores desperdícios de alimento.

O aumento do volume interno da geladeira gera maior gasto energético. O consumo de energia de modelos pequenos, muitas vezes, são metade do consumo de modelos de dimensões ampliadas, como pode ser observado nas comparações de eficiência energética do Inmetro. Além do custo óbvio que esse aumento de demanda energética tem para o meio ambiente, este ainda se reflete nas contas do final do mês.

Somado a isso, geladeiras maiores propiciam o aumento de peso e o desperdício de alimentos. Estudos têm comprovado que a quantidade de comida de uma casa está relacionada à qualidade da alimentação. Com geladeiras grandes, as compras são mais volumosas e feitas com menor frequência. A grande quantidade de alimentos na casa pode contribuir para um consumo além do necessário, aumentando as possibilidades de obesidade e demais problemas de saúde ligados à uma alimentação desregulada.

Outra questão é o desperdício provocado pela compra exacerbada e o resfriamento de alimentos indevidos. Se você compra mais alimento do que pode comer, muito daquilo se destinará ao lixo. Além disso, batata, pão, cebola, alho, dentre outros alimentos estragam mais rapidamente quando entram em contado com a umidade da geladeira. É necessário saber quais alimentos não precisam ser refrigerados.

Portanto, é importante estar consciente sobre os impactos do consumo. Comprar uma geladeira maior, em um primeiro momento, pode parecer uma escolha racional e inofensiva. Entretanto, os impactos tem proporções maiores do que os imaginados, influenciando em hábitos e costumes intimamente relacionados com nossa saúde e bem estar.


Fonte: Domesticity


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail