Conheça tratamentos complementares contra piolhos

eCycle

Óleo de melaleuca, vinagre e sabonete líquido podem ser eficazes

Tratamento é natural e combate piolhos


Se você já teve uma coceirinha na cabeça quanto criança, é bem possível que tenha passado por uma infestação de piolho. Esse inseto parasita, que não voa nem pula, adora cabelos infantis, mas pode atacar a cabeleira dos crescidinhos também.


Os medicamentos mais comuns para tratamento estão perdendo o efeito devido ao uso equivocado, o que faz com que gerações sobreviventes do inseto se reproduzam, dando origem a piolhos resistentes. Por isso, pode ser interessante realizar tratamentos alternativos após seguir as instruções indicadas pelo seu médico (porém, isso deve ocorrer pelo menos dois dias depois, porque antes disso você não pode lavar os cabelos).

Dica: para casos de infestações de insetos, como piolhos e pulgas, você pode dizer ao médico que prefere remédios da classe das piretrinas, pois são biodegradáveis.

Aqui vão algumas formas simples e caseiras de tratamento natural contra piolho:

Óleo essencial de tea tree (Melaleuca alternifolia)

O óleo essencial de melaleuca (conhecia também como tea tree), além de ter muitas propriedades medicinais, é um excelente inseticida natural. Pingue dez a 15 gotas em cada 60 ml de xampu para usar até o desaparecimento dos piolhos.

Há também uma forma natural de utilização do óleo para prevenir as infestações. Coloque 10 gotas do óleo em um spray de 100 ml de água. Duas borrifadas antes de aplicar o creme de pentear ou gel bastam para manter os piolhos longe.

Atenção: é muito importante fazer um teste para verificar se você não tem alergia ao óleo de melaleuca antes de usá-lo. Aplique sobre a pele do braço uma gota do óleo dissolvida em 10 ml de água e aguarde para ver se não terá coceira ou sensação de queimação, que são os sintomas mais comuns. Não use mais que a quantidade recomendada ou poderá se intoxicar.

Sabonete líquido

Aplique sabonete líquido neutro sobre os cabelos, tire o excesso com um pente e seque completamente com um secador. Isto criará uma camada sobre os piolhos que irá sufocá-los. O procedimento deve ser feito antes de dormir, pois o piolho pode ficar até oito horas sem respirar (é por isso que o truque de deixar maionese no cabelo por uma hora não funciona). Ao acordar, lave os cabelos e a roupa de cama. Repita o processo uma ou duas vezes por semana.

Vinagre

Para retirar as lêndeas, o ovo depositado pelo piolho, prepare uma solução com uma parte de vinagre para uma de água. Molhe um pedaço de algodão na mistura para passar nos cabelos da criança da seguinte forma:

  • Escolha três ou quatro fios de cabelo com lêndeas;
  • Envolva estes fios com o algodão embebido e puxe lentamente, no sentido da raiz para as pontas dos fios, segurando na raiz para não machucar a criança;
  • Tenha outro frasco com a mesma mistura de vinagre para desprezar nele os algodões quando necessário.

Cuidados básicos

Para prevenir a propagação dos piolhos, é importante tomar certas providências:

  • Não compartilhar objetos pessoais, como almofadas, bonés, pentes, presilhas;
  • Ferver as roupas de cama da pessoa parasitada antes do tratamento para evitar a reinfestação (pois ainda haverá ovos e formas juvenis do inseto nas fronhas, lençóis e cobertores);
  • Quando estiver passando um pente fino, posicione um pano branco de forma que os piolhos caiam ali, em vez de caírem na sua roupa;
  • Avisar com delicadeza as pessoas próximas quando identificar uma infestação por piolhos, para que seja feito o tratamento.

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail