Saiu do trabalho na hora do rush? E agora?

eCycle

Não é fácil estar de carro e ter que encarar um trânsito daqueles. Mas algumas dicas podem te ajudar

Você pulou da cama, pegou o carro, chegou cedinho no trabalho, mas na hora de bater o ponto e rumar para a liberdade, seu chefe pediu aquele favorzinho que te prendeu por alguns preciosos minutos no escritório. Resultado: o infernal estresse da hora do rush te espera. "Calma" - entoe esse mantra e dê uma olhada em algumas soluções que podem amenizar esse problemão. Confira o que fazer no trânsito da hora do rush:

Divirta-se

Se você não tem mais nada para fazer até o dia seguinte, por que a pressa? Divirta-se! Contate seus amigos e veja se algum deles está nas proximidades para bater um papo (se forem para o bar, não beba, pois o carro te aguarda no estacionamento); pegue um cineminha para ver aquele lançamento que te deixou curioso; sente numa praça e leia um livro; aproveite e jante em algum lugar legal, enfim, opções não faltam. Depois de uma horinha ou duas, você poderá dirigir mais tranquilamente de volta para o lar, doce lar.

Tem compromisso?

Pois é, não tem jeito. Você precisa entregar aquele trabalho da faculdade ou marcou um encontro inadiável. Em primeiro lugar, antes de começar a dirigir, faça uso de aplicativos de celular ou do GPS para traçar a rota mais rápida, alguns deles até levam em conta o tráfego na região e te dão dicas de áudio para virar ou seguir reto na hora certa. Se você pegou um trânsito realmente infernal a ponto de seu automóvel ficar parado por mais de um minuto, desligue o carro - dessa forma você evita o gasto desnecessário de até dois litros de combustível por hora. Caso as paradas sejam mais curtas, deixe o carro em ponto morto para evitar danos ao sistema de embreagem.

A poluição num congestionamento, segundo o Laboratório de Poluição Atmosférica da USP, é cerca de três vezes maior do que nas demais áreas urbanas. Quem está com as janelas fechadas e o ar-condicionado ligado, fica menos vulnerável à poluição (é sempre bom trocar o filtro do ar-condicionado do seu carro regularmente). Outra atitude menos danosa em termos ambientais é preferir o uso do álcool hidratado como combustível (é uma fonte renovável, reduz o consumo de petróleo, polui menos e no processo de cultivo ainda captura carbono da atmosfera - saiba mais aqui).

Evite o estresse

É... Mesmo com essas dicas ainda é muito chato pegar trânsito. Já que não tem jeito, procure não se irritar - isso não vai fazer você chegar mais rápido. Evite buzinar desnecessariamente; troque a rádio-trânsito, com locutores despejando informações (muitas delas inúteis), por um podcast legal ou por uma música relaxante. Se estiver indo para a faculdade, você pode adquirir o hábito de gravar as aulas para escutá-las nesses momentos de "pouca mobilidade". Tem gente que até faz alguns exercícios simples de meditação para evitar o estresse no trânsito.

Depois de todas essas recomendações, as coisas devem ficar menos difíceis para sua rotina. Da próxima vez, tente se planejar melhor e torcer para que não haja imprevistos.


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail