Anvisa abre discussão sobre rotulagem de alimentos

eCycle

Agência divulgou relatório preliminar sobre mudanças na rotulagem de alimentos no Brasil. É possível opinar sobre modelos propostos

Anvisa avalia rotulagem de alimentos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está recebendo contribuições para melhorar a informação nutricional encontrada nos rótulos de alimentos. O objetivo, segundo a entidade, é facilitar a compreensão das principais propriedades nutricionais e reduzir situações que geram engano quanto à composição dos alimentos.

Enquanto senadores tentam modificar o critério para identificação e rotulagem de alimentos transgênicos, a diretoria colegiada da Anvisa aprovou na semana passada um relatório preliminar que investiga alternativas apresentadas por entidades e experiências internacionais de rotulagem. A agência quer criar alertas sobre o alto índice de ingredientes prejudiciais à saúde, como açúcar, sódio e gordura, facilitar a comparação entre alimentos e aprimorar a precisão dos valores nutricionais declarados pela indústria.

O relatório aprovado pode ser acessado na aba Tomada Pública de Subsídios, disponível no site da Anvisa. Na mesma página, é possível enviar contribuições através de um formulário de participação que possui quatro seções: percepção da sociedade (duas perguntas); análise do impacto regulatório (nove perguntas); design gráfico e comunicação (dez perguntas); e prazo de adequação (uma pergunta).

A proposta da agência reguladora é coletar, até julho, mais subsídios e informações para estudo e também avaliar os impactos das soluções possíveis antes que o texto da norma seja apresentado em consulta pública.

Rotulagem mais clara

A Anvisa defende as mudanças como necessárias e diz que o modelo atual dificulta o uso da rotulagem nutricional pelos consumidores por problemas de identificação visual, pelo baixo nível de educação e de conhecimento nutricional.

“Também há confusão sobre a qualidade dos ingredientes e problemas de veracidade das informações, além do uso de termos técnicos e matemáticos, entre diversos outros motivos”, informou a entidade, por meio de nota.



Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail