Oklahoma terá maior parque eólico dos Estados Unidos

eCycle

Projeto terá custo de US$ 4,5 bilhões

Energia eólica

Os Estados Unidos parecem estar finalmente chegando ao nível de nações como China, Alemanha e Escócia em termos de projetos de energia eólica em grande escala. O país finalmente tem um parque eólico offshore funcionando e diversos outros projetos correlatos para a Costa Leste. Também há um avanço na projeção de construção de grandes parques eólicos em terra.

A GE Renewable Energy e a Invenergy anunciaram que o estado de Oklahoma, em breve, será o lar do maior parque eólico dos Estados Unidos: o projeto Wind Catcher, que terá uma capacidade de gerar 2.000 MW. O tamanho do empreendimento supera o então maior parque eólico do país, o California's Alta Wind Energy Center, que possui uma capacidade de geração de 1.550 MW.

Quando concluído, o Wind Catcher será o segundo maior parque eólico do mundo, atrás da gigantesca Gansu Wind Farm, que tem capacidade de geração em 6.000 MW, mas com projeção de expansão para 20 mil MW até 2020.

O parque eólico terá 800 turbinas eólicas de 2,5 MW da GE e faz parte de um projeto maior chamado Wind Catcher Energy Connection, que também inclui uma linha de tensão com voltagem extra e exclusiva, de 560 quilômetros, para levar energia a utilitários em Louisiana, Arkansas, Texas e Oklahoma, a aproximadamente 1,1 milhão de clientes.

O projeto custará cerca de US$ 4,5 bilhões, mas estima-se que irá evitar US$ 7 bilhões em gastos para os usuários de energia elétrica beneficiados pelo sistema nos próximos 25 anos.

O parque eólico já está em construção e deve ser concluído em 2020.


Fonte: Treehugger

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail