Cachorros conseguem diagnosticar tipos de câncer com precisão, dizem estudos

eCycle

Com olfato apurado, o melhor amigo do homem consegue reconhecer um câncer, antes de nós mesmos

Cachorro

Um cão labrador pode ser tão eficiente em diagnosticar câncer quanto um laboratório, de acordo com um estudo ainda em andamento que testa essa habilidade dos cachorros. O estudo recente descobriu que cachorros treinados são capazes de detectar compostos de câncer de próstata na urina de pacientes com 98% de precisão.

Dois pastores-alemães de três anos de idade foram treinados no Centro Veterinário Militar do Ministério de Defesa Italiano para reconhecer compostos orgânicos voláteis do câncer de próstata. Os cães analisaram mais de 400 amostras de urina: um cão detectou os compostos com 100% de precisão e o outro, com 98.6% de precisão.

Entretanto, câncer de próstata não é o único tipo que o cachorros têm reconhecido através do cheiro. O melhor amigo do homem também provou que pode detectar câncer no cólon, na mama, no ovário, bexiga e de pele, cheirando amostras respiratórias. Isso porque o câncer faz o corpo liberar compostos orgânicos que os cachorros conseguem perceber pelo olfato, mas as pessoas não.

Os cientistas acreditam que a pesquisa ajudará a desenvolver um "nariz eletrônico" no futuro, que pode detectar câncer, assim como o focinho dos cães. Com 220 milhões de células olfativas - comparadas a apenas 50 milhões presentes no nariz humano - acredita-se que o olfato deles é até um milhão de vezes melhor que o nosso.

Além de estudos científicos, há também relatos de pacientes que disseram que seus cachorros persistentemente cheiravam áreas de seus corpos que vieram a desenvolver um tumor.

Veja o vídeo abaixo (em inglês) sobre esse "sexto sentido" do melhor amigo do homem:


Fonte: Mother Earth Network


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail