Telhado de baixo custo ajuda a despoluir a casa toda

eCycle

Ele quebra moléculas de poluentes derivados de óxidos de nitrogênio. Mais estudos são necessários

Um telhado que despolui o ar. A ideia simples está sendo desenvolvida por alunos da Universidade da Califórnia (EUA). Em testes de laboratório, eles revestiram telhas de barro com dióxido de titânio, um composto comum encontrado em diversos produtos, de tintas de parede a cosméticos.

As telhas foram colocadas dentro de uma câmara que reproduz o ambiente atmosférico, construída com madeira, tubos de PVC e Teflon. Essa câmara foi conectada a uma fonte de óxidos de nitrogênio e a um dispositivo que mede as concentrações do poluente, que é formado quando determinados combustíveis são queimados a temperaturas elevadas (como no processo de queima de combustível de automóveis). 

Os estudantes utilizaram a luz ultravioleta para simular a luz solar, o que ativa o dióxido de titânio e permite que ele quebre os óxidos de nitrogênio. As telhas revestidas quebraram entre 88% e 97% dos óxidos de nitrogênio.

Segundo a equipe de estudantes, 21 toneladas de óxidos de nitrogênio seriam eliminados diariamente se um milhão de telhados fossem revestidos com a mistura de dióxido de titânio. Custaria apenas US$ 5 para revestir um telhado residencial de médio porte, novamente de acordo com os alunos.

Mais estudos são necessários

De qualquer forma, também é necessário que mais estudos sejam feitos e que se veja quais impactos que a produção em larga escala do dióxido de titânio pode ter no ambiente, principalmente no momento do descarte. Para saber mais a respeito dos riscos que os óxidos de nitrogênio trazem à saúde e ao meio ambiente, clique aqui.

Fonte: EcoD

Veja também:
-Fábrica transforma fraldas em telhas e madeira sintética
-Telhas e caixas d’água com ou sem amianto?


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail