Palestras gratuitas falam sobre a importância da conservação ex situ

eCycle

Os zoológicos estão deixando de ser um espaço onde os animais são explorados para apreciação do grande público

curso de conservação ex situ
Imagem editada e redimensionada de bill wegener, está disponível no Unsplash

Os zoológicos há muito tempo, estão deixando de ser um espaço onde os animais são explorados para apreciação do grande público. Eles também são espaços voltados à conservação de espécies, especialmente aquelas ameaçadas de extinção. Por isso, faz-se necessário o conhecimento e a divulgação dos trabalhos realizados nos bastidores destes grandes centros de estudo, os quais desenvolvem inúmeras pesquisas para manutenção das espécies - tanto dentro quanto fora dos cativeiros, educação ambiental e aproximação da humanidade com a natureza.

Muitas são suas funções, às vezes desconhecidas do grande público (estima-se que 30 milhões de pessoas visitam zoológicos em todo o mundo, fator relevante para a propositura de políticas públicas conservacionistas), como a realização de estudos genéticos para catalogação de sequências de DNA e análises microbiológicas, que diagnosticam e curam doenças disseminadas em nossa fauna. Pesquisas sobre reprodução e comportamento animal são responsáveis pelo sucesso de vários projetos de reintroduções de espécimes na natureza. Cabe, ainda, a ressalva de que os Zoológicos têm o papel de acolhimento e reabilitação, uma vez que estes recebem diversos animais advindos do tráfico, de apreensões ou vítimas de atropelamento e maus-tratos que não têm mais condições de se adaptar à natureza, mesmo após tentativas de reabilitação.

Controversos desde sempre, este seminário visa trazer informações importantes para a valorização destes locais. Só a partilha de conhecimento é capaz de promover a sensibilização da necessidade de se garantir o manejo ex situ de animais silvestres, visando não apenas suas necessidades básicas – como alimentação, saúde, segurança e abrigo, mas também o atendimento de suas necessidades físicas e comportamentais através de atividades de enriquecimento ambiental

Programação

  1. Palestra: “Como buscar o bem-estar para os animais de zoológicos”Cristiane Pizzutto
  2. Palestra: "Jardins Zoológicos contemporâneos e seus desafios." Cecília Pessutti
  3. Palestra: "Manejo da Fauna Silvestre ex situ no Estado de São Paulo" Dione Meger
  4. Palestra: "Os desafios da conservação ex situ em um Centro Triagem de Animais Silvestres" Francisco Miguel Conde Jimenez Fernandes da Cruz

Facilitação

Cecília Pessutti

Possui graduação em Ciências biológicas pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1986) e mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1998). Bióloga - Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros-Sorocaba-SP, atuando principalmente nos seguintes temas: manejo de animais selvagens em cativeiro, comportamento animal e enriquecimento ambiental, conservação, planos de manejo para espécies ameaçadas de extinção com ênfase Chrysocyon brachyurus, Lobo-guará e Brachyteles aracnoides, Muriqui.

Cristiane Pizzutto

Médica Veterinária formada pela USP; Mestrado, doutorado e pós-doutorado pela USP; Professora de Reprodução de Animais Silvestres – FMVZ – USP; Presidente da Comissão de Bem-estar Animal do CRMV – SP.

Dione Meger

Mestre e especialista em Gestão Ambiental, possui graduação em Ciências - Licenciatura Plena em Biologia (2003) e graduação em Administração de Empresas com ênfase em Com. Exterior (1997). Atuou como professora em cursos de Graduação e Pós-graduação. Foi técnica da SUDERHSA (Superintendência de Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental do Estado do Paraná). Desde 2009 é Especialista Ambiental da SIMA-SP (Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo). Na CBRN (Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos Naturais) da Secretaria de Meio Ambiente/SP, atuou no Projeto de Recuperação de Matas Ciliares - PRMC (Microbacias I), foi analista de projetos de restauração ambiental para o Fundo Estadual de Recursos Hídricos de São Paulo – FEHIDRO, atuou ainda como Gestora de Projetos dentro do PDRS - Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável no Microbacias II e foi Diretora do Centro de Fauna Silvestre em Cativeiro no Departamento de Fauna. Na atual estrutura da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo, integra o Centro de Manejo da Fauna Silvestre “ex situ”, do Departamento de Fauna (DeFau), na Coordenadoria de Fiscalização e Biodiversidade.

Francisco Miguel Conde Jimenez Fernandes da Cruz

Formado em Medicina Veterinária e Biologia, coordenou resgates de animais silvestres em hidrelétricas, foi educador ambiental e professor. Hoje coordena a Seção de Destinação da DFS/SVMA.

Coordenação

  • Luciene Lopes Lacerda

Serviço

  • Evento: Palestras sobre conservação ex situ
  • Público: Interessados
  • Vagas: 80
  • Data: 26 de junho de 2019 (quarta-feira)
  • Horário: das 9h às 13h
  • Local: Sede da Umapaz
  • Endereço: Av. Quarto Centenário, 1268 - Vila Mariana, São Paulo - SP, 04030-000
  • Pedestres: Portão 7A
  • Estacionamento: Portão 7 da Av. República do Líbano (Zona Azul)
  • Inscrições: Participarão os primeiros 80 inscritos
  • Saiba mais ou inscreva-se

Como chegar na Umapaz


Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail