Exposição imperdível sobre descarte de lixos eletrônicos é realizada em Belo Horizonte no próximo final de semana

eCycle

"Jardim do Destino Circular" é uma exposição realizada pela Seja Digital em parceria com a Programando o Futuro

Obra de arte
Imagem: phroommazine

Com o fim da transmissão do sinal analógico de televisão, muitos aparelhos analógicos de TV estão sendo substituídos por aparelhos digitais. Assim, é necessário entender a importância de reutilizar os materiais preciosos que estão dentro desses equipamentos. A exposição "Jardim do Destino Circular", realizada pela curadora Simona Luchian e pela assistente de arte Luiza Alcântara é uma narrativa que tem o objetivo de estimular a reflexão sobre a importância do descarte correto do lixo eletrônico.

O destino dos resíduos eletrônicos pode estar em um círculo de transformação e renascimento perpétuo: um ciclo de vida que todo ser humano é chamado a manter vivo para ajudar a preservar o planeta saudável e habitável para o futuro. O ato de descartar não é apenas se desfazer de um objeto, mas destiná-lo a novas metamorfoses. Nessa narrativa, composta por duas partes (“infinito” e “resíduos”), o Jardim pode ser visitado em dois espaços.

No espaço denominado “infinito”, há um cordão umbilical que forma o símbolo do infinito, ao ligar – e nutrir – velhos televisores descartados. Assim como ocorre no interior do útero materno, onde o ciclo da vida acontece. No centro do símbolo é possível ouvir o som produzido por algumas máquinas de reciclagem em operação, com o intuito de proporcionar aos visitantes da instalação uma experiência sensorial e física desse processo acontecendo, e, ao mesmo tempo, direcioná-los para uma estrada quase que desconhecida. Algumas das telas expostas projetam imagens que mostram a vitalidade da vegetação. De dentro desses tubos de TV, nascem mudas, que o público é convidado a levar consigo, e, consequentemente, a romper com a linearidade que pode nos levar a um destino caótico.

“Resíduos”, por sua vez, constitui-se de diferentes partes de antigos televisores de tubo e de novos materiais originados no processo de reciclagem de TVs. Esses materiais e componentes apresentados recebem os mesmos cuidados que os objetos e artefatos artísticos: passam a ter os mesmos valores simbólicos e estéticos. “Resíduos” propõe o deslocamento de sentido e de função dos objetos expostos, que agora podem ser explorados de outras formas, dentro do processo dinâmico do “Jardim do Destino Circular”. Tem-se, assim, novas matérias-primas, que agora podem atender a diferentes demandas da vida cotidiana; o passado de um objeto/resíduo e a prospecção de um futuro diferente para o qual fora projetado. Dessa forma, a exposição convida-nos a olhar para o presente – a única fase do tempo em que as mudanças são possíveis.

Aproveite e leve seu aparelho televisor para ser descartado corretamente no próprio local da exposição.

Confira a programação:

Domingo 22/10

  • 10h - Abertura
  • 14h às 17h - Seminário de abertura: "O planeta somos nós: uma análise do impacto do desligamento da TV analógica
  • 14h às 17h - Demonstração de funcionamento de impressora 3D com material reciclado
  • 17h - Fechamento da instalação no Museu de Artes e Ofícios
  • 17h15 - Intervenção artística na Praça da Estação - Arautos do Gueto

Segunda-feira 23/10

Sala reciclar - Museu de Artes e Ofícios

  • 9h - Cardboard (duração de 30 minutos/20 participantes)
  • 9h40 - Holograma (duração de 20 minutos/20 participantes)
  • 10h30 - Cardboard (duração de 30 minutos/20 particpantes)
  • 11h10 - Holograma (duração de 20 minutos/20 particpantes)
  • 14h - Cardboard (duração de 30 minutos/20 particpantes)
  • 14h40 Holograma (duração de 20 minutos/20 participantes)
  • 15h - construção de antena digital com lixo eletrônico (duração 60 minutos/20 particpantes)
  • 16h15 - construção de antena digital com lixo eletrônico (duração 60 minutos/20 participantes)

Sala O Planeta Somos Nós - Museu de Artes e Ofícios

  • 8h às 12h - Instalador amigo (duração de quatro horas/30 participantes)
  • 14h às 18h - Instalador amigo (duração de quatro horas/30 participantes)

Terça-feira 24/10

Sala reutilizar - Museu de Artes e Ofícios

  • Entrada a cada 20 minutos
  • Número de participantes por oficina: 20

Sala reciclar - Museu de Artes e Ofícios

  • 9h - Reciclagem de televisores (duração de 60 minutos/30 particpantes)
  • 10h30 - Gestão dee lixo eletrônico (duração de 60 minutos/30 participantes)
  • 14h - Reciclagem de televisores (duração de 60 minutos/30 particpantes)
  • 15h - Gestão dee lixo eletrônico (duração de 60 minutos/30 participantes)

Sala reduzir - Museu de Artes e Ofícios

  • 9h - Cardboard (duração de 30 minutos/20 participantes)
  • 9h40 - Holograma 9duração de 20 minutos/20 participantes)
  • 10h30 - Cardboard (duração de 30 minutos/20 participantes)
  • 11h10 - Holograma 9duração de 20 minutos/20 participantes)
  • 14h - Cardboard (duração de 30 minutos/20 participantes)
  • 14h40 - Holograma duração de 20 minutos/20 participantes)
  • 15h - Construção de antena digital com lixo eletrônico (duração de 60 minutos/20 participantes)
  • 16h15 - Construção de antena digital com lixo eletrônico (duração de 60 minutos/20 participantes)

Serviço

  • Evento: Exposição "Jardim do Destino Circular"
  • Data: 22 a 24 de outubro de 2017
  • Horário: abertura às 10:00
  • Local: Praça da Estação e Museu de Artes e Ofícios
  • Endereço: Praça Rui Barbosa, 600 - Centro, Belo Horizonte - MG, 30160-000

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail