O que fazer com a esponja de cozinha?

eCycle

A esponja tradicional é feita de um tipo de plástico de difícil reciclagem. Mas há outras opções mais ecológicas e também eficientes  

Por ironia, a esponja usada para manter a limpeza é um dos itens mais sujos da cozinha. Além disso, justamente por ser um “porta-bactérias”, ela tem uma vida útil reduzida. O ideal é que você use a mesma esponja por até duas semanas. É preferível também o uso da bucha vegetal no lugar do modelo sintético, pois ela é mais difícil de ser contaminada e mais eficiente na limpeza - (veja aqui outras vantagens desse tipo de bucha). Outra opção verde é a lã de aço, cuja manta é feita à base de fibra de uma planta da Amazônia e a espuma é feita de um elemento oriundo da soja. Além disso, é de fácil decomposição.

Saiba mais sobre a esponja de lavar louça:

Reciclagem

As buchas sintéticas são feitas de um material chamado poliuretano, que geralmente é utilizado para se fabricar uma série de outros produtos, como espuma, colchões, travesseiros, estofados, etc. O poliuretano é um plástico da família dos termorrígidos, que têm como característica a rigidez: depois que os plásticos termorrígidos são moldados, eles não voltam mais ao seu estado original e não amolecem nem mesmo com o calor. Por esse motivo, esse tipo de plástico é de difícil reciclagem, mas ela pode ser feita: é possível reutilizar os rejeitos desse produto, por exemplo, na composição de pisos, pistas de atletismo, entre outros.

No entanto, é difícil encontrar locais que aceitem buchas de poliuretano para a reciclagem devido ao fato de elas estarem contaminadas - isso demanda um processo de descontaminação mais dispendioso. Outro problema associado ao poliuretano é o dano que ele pode causar à saúde (sobre isso e sobre os métodos de reciclagem desse material, veja mais aqui).

O que acaba acontecendo é que, por falta de opção, o descarte de esponja de cozinha é feito no lixo comum, indo parar nos lixões e aterros e prejudicando o meio ambiente. Como não há alternativa tão simples e a vida útil do item é bem curta, compensa adquirir outro tipo de esponja, como as citadas no início da matéria.

As buchas vegetais, por exemplo, são biodegradáveis e podem ser compostadas (na compostagem seca), não deixando, após esse processo, nenhum resíduo. No caso das lãs de aço, elas podem ser descartadas no lixo comum e o destino final delas são os aterros sanitários. Lá, a lã de aço se decompõe, virando ferrugem, devido ao processo de oxidação, e se degrada sem causar grandes impactos à natureza (entenda melhor aqui).


Veja também:


 

Comentários  

 
0 #1 2012-06-18 20:09
Todos os tipos de plástico são provindos do petróleo, isso não é motivo para a esponja não ser reciclável... O problema delas são os materiais que elas limpam mesmo (gorduras por exemplo).
Citar
 
 
0 #2 2012-06-19 19:54
Citando Débora:
Todos os tipos de plástico são provindos do petróleo, isso não é motivo para a esponja não ser reciclável... O problema delas são os materiais que elas limpam mesmo (gorduras por exemplo).

Olá Débora,

Obrigado por seu comentário. A esponja é feita de um tipo de plástico, mas não deve ser encaminhada para a reciclagem. Isso porque os plásticos em questão contêm especificidades que dificultam muito a reciclagem, além de por vezes estarem amalgamados (sem contar a contaminação por bactérias ruim para o manuseio). Se comprou uma e precisa jogá-la fora, o destino provável será o lixo comum em aterros sanitários ou infelizmente lixões.

O ideal é que evite o uso da esponja para não acumular ainda mais material não-reciclável nos lixões. Procure alternativas, como a utilização de buchas vegetais, biodegradáveis e mais duráveis. Veja: http://www.ecycle.com.br/component/content/article/35-atitude/823-esponjas-de-cozinhas-ainda-nao-sao-reciclaveis.html
Citar
 
 
+6 #3 2013-02-08 12:25
Sabe o que eu faço? Eu pego uma placa de coco e amarro diversas esponjas e depois prendo orquideas nela. Elas servem para manter a umidade . Em vasos tb , eu ponho as esponjas em cima da terra para manter a umidade.
Citar
 
 
+4 #4 2014-01-17 15:29
As esponjas, assim como qualquer tipo de plástico, eu comprimo dentro de garrafas PET e uso como tijolo, na construção de paredes.
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail