Pupunha: os benefícios do palmito e da fruta

eCycle

A pupunha é uma palmeira nativa da Amazônia da qual se extraem alimentos com incríveis benefícios à saúde. Confira

pupunhaImagem editada e redimensionada de Marajonida, disponível no Wikimedia e licenciada sob CC-BY 3.0

A pupunha (Bactris gasipaes) é uma palmeira nativa da região amazônica, que pode atingir até 25 m de altura. Dela se extraem o fruto (uma frutinha cor de laranja, também chamada de pupunha) e uma variedade de palmito muito popular no Brasil: o palmito pupunha.

O palmito pupunha é um vegetal branco obtido do núcleo da palmeira, bastante valorizado por sua versatilidade culinária. Embora seja mais frequentemente adicionado a saladas, o palmito também pode ser comido puro, cozido em água ou usado como um substituto vegano da carne. Costuma ser comercializado em conservas de água e sal.

Uma vantagem da produção do palmito pupunha é a extração sustentável, em comparação com palmitos obtidos de outras espécies – como a juçara, nativa da Mata Atlântica, e o açaí, da Floresta Amazônica, que estão sob risco de extinção.

Uma diferença entre as três espécies é que a juçara possui um único tronco, enquanto as demais formam touceiras. Assim, ao se extrair o palmito, a palmeira juçara morre, enquanto a pupunha e o açaí rebrotam do tronco principal, a exemplo do que ocorre com as bananeiras.

Outra diferença importante é que a juçara demora de oito a 12 anos para produzir um palmito de qualidade, enquanto o da pupunha pode ser extraído decorridos apenas 18 meses do plantio, além de emitir novos brotos por pelo menos mais dez anos.

O palmito e os frutos da pupunha são alimentos vegetarianos únicos, com diversos minerais e antioxidantes importantes para o bom funcionamento do organismo. Confira alguns benefícios desses nutrientes para a sua saúde.

Benefícios do palmito pupunha

1. É rico em nutrientes, mas pobre em gordura

O palmito possui um teor de gordura notavelmente baixo e fornece diversos minerais, como potássio, ferro, cobre, fósforo e zinco. Além disso, ele oferece pequenas quantidades de vários outros nutrientes, incluindo ferro, cálcio, magnésio e folato, que são essenciais para a saúde do organismo.

2. É fonte de antioxidantes

O palmito é rico em compostos vegetais como os antioxidantes polifenóis. Esses compostos neutralizam os radicais livres, que são moléculas instáveis ​​que podem desencadear danos oxidativos quando os níveis ficam muito altos no corpo. Por sua vez, os antioxidantes podem reduzir o risco de certas condições, como câncer, diabetes e doenças do coração.

As dietas ricas em polifenóis também estão associadas à redução da inflamação, que se acredita ser um fator-chave no desenvolvimento de muitas dessas doenças.

3. Pode ajudar na perda de peso

O palmito pode promover a perda de peso, pois contém quantidades mínimas de gordura e apenas 36 calorias e 4 gramas de carboidratos por porção de 100 gramas. Como perder peso requer comer menos calorias do que você queima diariamente, substituir itens de alto teor calórico por este alimento pode ajudar você a emagrecer com saúde.

Com seu alto teor de água e fibras, o palmito também pode promover sensação de saciedade, levando você a comer menos.

4. Promove a saúde do coração

A fibra é um nutriente essencial para a saúde do coração e o palmito é uma ótima fonte. Com quase 2 gramas por porção, o palmito pode ajudá-lo a se aproximar do total da ingestão de fibras recomendada, que é de 21 a 38 gramas por dia.

Além disso, as fibras ajudam a reduzir a pressão arterial e os níveis de colesterol. Embora o palmito em conserva geralmente contenha sódio, você pode procurar produtos sem adição de sal.

5. Ajuda a prevenir a anemia por deficiência de ferro

O palmito é uma fonte natural de ferro e vitamina C. Para vegetarianos ou qualquer pessoa que esteja reduzindo o consumo de carne, combinar vitamina C com alimentos vegetais ricos em ferro é uma forma fundamental de aumentar a absorção de ferro e prevenir a anemia.

Benefícios do fruto da pupunha para a saúde

1. Previne problemas de visão

A pupunha ajuda a fortalecer a saúde dos olhos, graças ao seu alto teor de vitamina A. Esta vitamina é essencial para aliviar a secura dos olhos, e sua deficiência pode resultar em cegueira noturna.

2. Aumenta a imunidade

A pupunha tem alto teor de vitamina A e quantidades significativas de vitamina C, além de outros antioxidantes que ajudam a estimular o sistema imunológico do corpo. Ajuda a estimular a produção de glóbulos brancos e protege o corpo contra microrganismos invasores, como vírus e bactérias.

3. Ajuda a prevenir o câncer

A pupunha possui antioxidantes que auxiliam na prevenção do câncer ao interromper as atividades dos radicais livres que resultam em crescimento cancerígeno quando associados a outras células do corpo.

4. Protege a saúde do coração

A fibra é um componente não nutritivo crucial encontrado nos alimentos, que oferece inúmeros benefícios para a saúde. A atividade ajuda a proteger o coração, absorvendo o excesso de colesterol do corpo. A presença de colesterol em excesso aglomera-se nas artérias e bloqueia o fluxo de sangue para órgãos vitais, como cérebro e coração, o que pode resultar em derrame e ataque cardíaco.

5. Promove a saúde da pele

A pupunha possui alto teor de vitamina C e vitamina A e o equilíbrio saudável dos fluidos ajuda a manter a saúde da pele. Essas vitaminas auxiliam o recrescimento de novas células da pele. Também protege as células da pele do corpo. O potássio garante um equilíbrio hídrico normal no corpo. O elemento facilita a troca de fluido para as células que o faz funcionar em níveis ideais.


Fontes: Webmd, Healthline, Very Well Fit, Health Benefits Times, Palmpedia e Embrapa


Veja também: 


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×