Calcinhas absorventes: como funcionam e vantagens de usar

eCycle

Calcinhas absorventes se destacam pelos benefícios à saúde feminina e ao meio ambiente

calcinhas absorventes
Imagem: Ecoabs/Divulgação

Os benefícios do uso de calcinhas absorventes são inúmeros: vão desde manter sua roupa de cama limpa até ajudar a proteger o meio ambiente. Além disso, as calcinhas absorventes também ajudam a economizar, porque reduzem – ou extinguem – os gastos com uso de absorvente descartável.

Entre as décadas de 1950 e 1990, a preocupação da indústria em oferecer produtos que proporcionassem mais conforto e proteção às mulheres durante o período menstrual aumentou consideravelmente. Uma ampla variedade de produtos começou a chegar aos mercados: absorventes internos ou externos, grandes e pequenos, com ou sem abas... Nas prateleiras, há opções para todos os gostos e fluxos.

Entretanto, a variedade e a facilidade de acesso a absorventes descartáveis também passou a gerar outra preocupação: a ambiental. Em cada ciclo menstrual, uma mulher utiliza de dez a vinte absorventes descartáveis. Da puberdade até a menopausa, esse número pode chegar a 15 mil. Por isso, cerca de 20 bilhões de absorventes e tampões são despejados em aterros sanitários por ano! No Brasil, não existe reciclagem para esse tipo de resíduo – e, consequentemente, esses absorventes também vão parar em lixões e aterros sanitários, causando danos ao meio ambiente.

Sem falar que o plástico de polietileno em absorventes convencionais pode levar cerca de 500 anos para se decompor. Resíduos de aterros em geral se decompõem em baixa velocidade e se tornam um problema para as gerações futuras. Somente o fato de poderem substituir milhares de produtos que seriam descartados anualmente já faz das calcinhas absorventes uma excelente alternativa.

A crescente procura das mulheres por praticidade e atitudes sustentáveis ampliou a oferta de produtos alternativos para o período menstrual, como o coletor menstrual e as calcinhas absorventes. Além de ecologicamente corretos, esses produtos eliminam a preocupação de não saber exatamente quando você poderá menstruar ao longo do dia e a necessidade de carregar na bolsa calcinhas, absorventes e absorventes internos.

As marcas brasileiras que comercializam calcinhas absorventes são a Ecoabs, a Pantys, a Herself, a Korui e a Inciclo, que também é conhecida pela venda de coletores menstruais.

8 fatos sobre calcinhas absorventes

1. São uma opção sustentável

Uma calcinha absorvente pode durar cerca de dois anos. É reutilizável e pode ser lavada no banho, com sabão neutro, ou na máquina de lavar. Faça as contas: quantos absorventes descartáveis você não deixaria de utilizar nesse período?

2. São acessíveis

Os valores das calcinhas absorventes variam – você pode encontrar opções entre R$ 20,00 e R$ 100,00. Entretanto, na ponta do lápis, a economia com absorventes comuns compensa os gastos com uma unidade da calcinha absorvente ou um pacote com várias delas.

3. São benéficas para a saúde

O sangue menstrual é totalmente livre das toxinas da urina. O cheiro característico do fluxo menstrual, muitas vezes, é resultado da química nos absorventes descartáveis em contato com o sangue. As calcinhas absorventes, pelo contrário, ajudam a inibir esses odores, porque possuem uma camada com ação antimicrobiana, que evita a proliferação de fungos e bactérias.

4. Evitam alergias

A composição dos absorventes descartáveis e a umidade do contato com a pele podem desencadear alergias e infecções. Por isso, o uso da calcinha menstrual é recomendado para quem sofre com alergia durante o período menstrual.

5. Podem ser usadas fora do ciclo menstrual

As calcinhas absorventes podem ser utilizadas também em casos de infecção vulvo-vaginais de repetição e incontinência urinária.

6. Podem vazar

As calcinhas absorventes são disponibilizadas de acordo com o fluxo. Então, é importante que a mulher conheça bem seu ciclo menstrual para fazer a melhor escolha na hora da compra. Uma mulher com fluxo intenso não deve comprar uma calcinha indicada para fluxos leves, por exemplo. É aconselhável que, em caso de dúvidas, a mulher adquira mais de um modelo para que não haja acidentes.

7. São seguras e bonitas

A calcinha absorvente é feita com três camadas de tecido: um mais macio, que fica em contato com a pele; um impermeável, que fica em contato com a roupa; e um material absorvente que impede a proliferação de fungos e bactérias. Ainda assim, parecem calcinhas comuns – à primeira vista, é praticamente impossível reconhecer a diferença entre calcinhas normais e calcinhas absorventes. A maioria das marcas trabalha com vários modelos, em diversas cores, tamanhos e espessuras. Além disso, é possível permanecer mais de cinco horas, ou até um dia inteiro, com a calcinha absorvente, sem correr risco de vazamentos. Tudo dependerá da intensidade do fluxo.

8. É um pouco mais difícil trocá-las fora de casa

Uma mulher com fluxo intermediário ou intenso provavelmente precisará trocar a calcinha absorvente ao longo do dia. Como é necessário lavar a peça, talvez o processo seja um pouco mais complicado. O ideal é que a mulher tenha pelo menos três modelos de calcinha: uma para o dia, uma para a troca e outra para utilizar no dia seguinte, sem correr o risco de que a primeira não seque até o próximo uso.



Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×