Rede de fast-food desenvolve tecnologia sustentável de código aberto

eCycle

Será possível reduzir 33% das emissões de metano da produção de carne animal utilizando capim-limão

Vacas
Imagem editada e redimensionada de Amber Kipp, está disponível no Unsplash

Em uma tentativa de reduzir as emissões de gases do efeito estufa, a rede de refeições prontas Burger King (BK) anunciou o desenvolvimento de uma nova tecnologia sustentável de código totalmente aberto. A empresa começará a produzir ração com capim-limão, o que permitirá a redução de 33% de emissão do gás metano proveniente da criação intensiva de gado da rede.

Segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, a produção de gado para o consumo humano é responsável por até 14,5% de todas as emissões antrópicas de gases de efeito estufa. Muito disso ocorre na forma de metano produzido por micro-organismos presentes no intestino dos animais, que são emitidos na forma de flatulência e eructação. Esse gás é o segundo gás do efeito estufa mais significativo em potencial de agravamento do efeito estufa.

Pesquisadores patrocinados pela Burguer King testaram nos animais diferentes suplementos alimentares com o objetivo de reduzir a emissão desses gases da criação de gado. O capim-limão foi a alternativa vegetal de maior sucesso de todas as opções testadas.

Os cientistas da Universidade Autônoma do Estado do México e da Universidade da Califórnia em Davis descobriram que a adição de folhas secas de capim-limão à matéria-prima diária da ração dos animais é capaz de reduzir em boa medida as emissões de metano. Apenas 100 gramas do material por dia é o suficiente para reduzir as emissões em até 33% ao dia, segundo a equipe.

Em vez de manter a fórmula em segredo comercial, ela será lançada em código aberto para incentivar outros produtores de carne.

A Burger King afirma que este é apenas um passo em sua estratégia geral de sustentabilidade. A empresa diz que planeja eliminar o desmatamento de sua cadeia de suprimentos até 2030 e está tomando medidas para reduzir sua pegada de carbono em outras áreas. Ela também começou recentemente a vender o Impossible Whopper, uma versão vegetal do hambúrguer.

O Reduced Emissions Methane Beef estará disponível em cinco lojas Burger King nos EUA a partir de julho, durante um teste inicial. Confira mais detalhes no vídeo a seguir:



Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×