Conheça os principais animais da Amazônia

eCycle

A Amazônia abriga a maior reserva de biodiversidade do planeta. Conheça os principais animais desse bioma

Sapo-cururu
Sapo-cururu (Rhinella marina) é um dos animais da Amazônia. Imagem editada e redimensionada de Ulrike Langner, disponível no Unsplash

A Amazônia é uma região de 8 milhões de km2 que se estende por nove países da América do Sul e compreende um conjunto de ecossistemas que envolve a bacia hidrográfica do Rio Amazonas e a Floresta Amazônica. A região abriga a maior biodiversidade do planeta, sendo líder na concentração de mamíferos, aves, répteis e anfíbios. Além disso, entre os animais da Amazônia também há uma riqueza ímpar de peixes e uma imensa variedade de insetos e outros invertebrados.

A Floresta Amazônica é a maior floresta equatorial do mundo, ocupando uma área de aproximadamente 6,7 milhões de km2. Ela abrange cerca de 40% do território brasileiro, além de ocupar porções dos territórios da Venezuela, Colômbia, Bolívia, Equador, Suriname, Guiana e Guiana Francesa. No Brasil, ela ocupa praticamente toda a região norte, principalmente os estados do Amazonas, Amapá, Pará, Acre, Roraima e Rondônia, além do norte do Mato Grosso e oeste do Maranhão.

Além disso, a região amazônica também abriga a maior bacia hidrográfica e o maior rio do mundo em volume de água: o rio Amazonas, com 6.937 km de extensão. Além do Brasil, a bacia hidrográfica do Amazonas compreende partes da Bolívia, Colômbia, Equador, Guianas, Peru, Suriname e Venezuela.

A Amazônia é responsável por fornecer serviços ecossistêmicos fundamentais para a qualidade de vida da população humana, como regulação climática, água limpa para consumo e ar puro. Por isso, é extremamente importante conservar esse patrimônio mundial, além de garantir a proteção da biodiversidade e o fornecimento de serviços essenciais para a qualidade de vida e manutenção do clima do planeta a longo prazo.

Principais grupos animais da Amazônia

Os animais invertebrados formam o grupo mais numeroso e diversificado da fauna amazônica. No entanto, por apresentar espécies de maior porte, os animais vertebrados fazem parte do grupo mais conhecido.

No grupo dos invertebrados, destacam-se os besouros, borboletas, aranhas, carrapatos, centopeias, camarões, tatuzinhos-de-jardim, minhocas, lesmas e caracóis, além de várias espécies de vermes. Já o grupo dos vertebrados se subdivide em anfíbios, répteis, aves, mamíferos e peixes.

Anfíbios

Anfíbios são animais vertebrados que possuem pelo menos uma fase do ciclo de vida desenvolvida na água. Sua proliferação na Amazônia é favorecida pelas características típicas de florestas tropicais, em que ocorre uma junção de áreas de terra firme com rios, igarapés e áreas periodicamente inundadas.

Atualmente, são conhecidas cerca de 250 espécies de anfíbios na Amazônia. Dentre elas, estão as salamandras e as cobras-cegas. Nesse grupo também estão presentes espécies que não possuem cauda e se caracterizam pela locomoção aos saltos, como os sapos, rãs e pererecas.

Mamíferos

Mamíferos são animais vertebrados que se destacam pela presença de pelos e glândulas mamárias. Graças aos pelos, os mamíferos são capazes de manter sua temperatura corporal interna constante. Entre os animais da Amazônia, foram contabilizadas cerca de 420 espécies de mamíferos. Além disso, apesar de existirem mamíferos aquáticos nessa região, como golfinhos e botos, a maioria deles é terrestre. Dentre eles estão as antas, os macacos e as capivaras.

Aves

Aves são animais vertebrados, bípedes e ovíparos que possuem bico e corpo coberto por penas. Na Amazônia, já foram levantadas cerca de 1.000 espécies de aves, o que corresponde a aproximadamente 11% do total das espécies descritas no planeta. Entretanto, essa riqueza está subestimada, uma vez que a região ainda é pouco conhecida.

Pela intensa procura de plumagens para venda, muitas espécies da Amazônia estão ameaçadas de extinção. Por isso, o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais) reprime o comércio ilegal de aves. A ararajuba e o papagaio-de-peito-roxo são exemplos de aves típicas da Amazônia que estão ameaçadas de extinção.

Répteis

Répteis são animais vertebrados terrestres que não possuem temperatura corporal constante e, por isso, precisam do calor externo para sobreviver. Além disso, os répteis se diferem dos anfíbios por não dependerem da água para a sua reprodução.

Os répteis são encontrados em todos os continentes, exceto a Antártida, devido às baixas temperaturas. O Brasil possui cerca de 744 espécies catalogadas: 36 quelônios (tartarugas, cágados ou jabutis); 6 jacarés; 248 lagartos, 68 anfisbênias (lagartos sem patas) e 386 serpentes. A Amazônia abriga grande parte dessa variedade de espécies.

Peixes

Peixes são animais vertebrados aquáticos que, por meio de guelras ou brânquias, absorvem o oxigênio presente na água. Também se caracterizam pelo corpo fusiforme (em forma de fuso), cujo comprimento pode variar de 1 cm a 19 metros. Além disso, os peixes possuem barbatanas ou nadadeiras, sustentadas por raios ósseos ou cartilagens.

Atualmente, estima-se que existam cerca de 24 mil espécies de peixes no mundo, das quais 3 mil integram o grupo dos animais da Amazônia. Os peixes mais comuns na região são o abotoado, acará e apapá. Em função da pesca predatória, espécies como peixe-boi, piabanha, pirapitinga, piracanjuba, lambari, andirá e pacu encontram-se ameaçadas de extinção.

Por que a vida animal é tão diversificada na Amazônia?

A fauna diversificada da Amazônia está diretamente relacionada às características do clima, relevo e vegetação da região. A umidade dessa área, proveniente da carga advinda do Oceano Atlântico, associa-se ao grande volume de chuvas. O relevo, por sua vez, é recortado por inúmeros rios. Além disso, a Amazônia possui uma composição heterogênea, com fitofisionomias que podem ser classificadas de acordo com a proximidade a cursos d’água em matas de igapó, matas de várzea e matas de terra firme. Essas características ambientais resultam em ecossistemas que abrigam habitats com condições adequadas às várias espécies que formam o grupo dos animais da Amazônia.

Animais da Amazônia mais conhecidos e curiosidades

Os animais da Amazônia mais conhecidos são:

Mamíferos

  • Onça-pintada: o maior felino das Américas;
  • Boto-cor-de-rosa: animal da Amazônia presente nas lendas da região, constitui-se como grande atração turística;
  • Bicho-preguiça: animal da Amazônia conhecido pela lentidão dos movimentos, dorme até 14 horas por dia e desce das árvores apenas uma vez por semana.

Aves

  • Arara-amarela: espécie com grande importância para comunidades indígenas, forma casais para a vida toda;
  • Gavião-real: ágil predador alado.

Répteis

  • Sucuri: segunda maior serpente do mundo;
  • Jacaré-açu: espécie exclusiva da América do Sul, é considerado o maior jacaré do mundo.

Anfíbios

  • Perereca-da-amazônia: animal da Amazônia importante para a extração da “vacina-do-sapo” pelos índios;
  • Cobra-mole: maior anfíbio sem pulmões.

Peixes

  • Abotoado: espécie onívora que se alimenta de moluscos e camarões de água doce;
  • Aracá: espécie adaptada às condições de reservatórios.

Imagens de alguns animais da Amazônia

Arara-canindé

Bicho-preguiça

Jacaré

Onça-pintada

Perereca

Sucuri

Tucano



Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×