Chlorella: benefícios e para que serve

eCycle

A chlorella é uma alga de água doce verde e unicelular rica em antioxidantes, proteínas e minerais

chlorella
Imagem editada e redimensionada de Philipp Alexander, está disponível no Flickr

A chlorella é uma alga rica em nutrientes que tem recebido muita atenção por seus benefícios para a saúde. Como suplemento, ela já se mostrou bastante promissora em melhorar os níveis de colesterol e livrar o corpo de toxinas. Conheça outros benefícios e para que serve a chlorella.

O que é a chlorella?

A chlorella é uma alga de água doce verde e unicelular que pode ser encontrada em 30 espécies diferentes. Mas dois tipos - Chlorella vulgaris e Chlorella pyrenoidosa - são mais comumente estudados. Além de ser utilizada como suplemento nutricional, ela é utilizada como biodiesel (confira aqui estudo a respeito: 1). Confira seus benefícios:

1. É nutritiva

O impressionante perfil nutricional da chlorella levou alguns a chamarem de "superalimento". Embora seu conteúdo exato de nutrientes dependa das condições de cultivo, das espécies usadas e de como os suplementos são processados, a chlorella contém vários nutrientes benéficos.

Eles incluem:

  • Proteína: a chlorella é tem entre 50% e 60% de composição proteica. Além disso, é uma fonte completa de proteínas, o que significa que contém todos os nove aminoácidos essenciais (confira aqui estudos a respeito: 2, 3).
  • Ferro e vitamina C: a chlorela pode ser uma boa fonte de ferro. Dependendo do suplemento, pode fornecer entre 6 e 40% da sua necessidade diária. É também uma excelente fonte de vitamina C, que ajuda a absorver o ferro (confira aqui estudos a respeito: 4, 5, 6).
  • Antioxidantes: essas minúsculas células verdes fornecem uma ampla gama de antioxidantes (confira aqui estudos a respeito: 7, 8).
  • Outras vitaminas e minerais: a chlorella fornece pequenas quantidades de magnésio, zinco, cobre, potássio, cálcio, ácido fólico e outras vitaminas do complexo B (confira aqui estudos a respeito: 9, 10, 11).
  • Ômega-3: Como com outras algas, a chlorella contém alguns ômega-3. Apenas três gramas de chlorella fornecem 100 mg de ômega-3 (confira aqui estudo a respeito: 12).
  • Fibra: Em grandes quantidades, a chlorella pode ser uma boa fonte de fibra. No entanto, a maioria dos suplementos não fornece nem 1 grama de fibra por dose (confira aqui estudo a respeito: 13, 14).

2. Absorve metais pesados, auxiliando a desintoxicação

A chlorella pode ajudar o organismo a se desintoxicar. Estudos em animais indicam que ela é eficaz em ajudar a remover metais pesados ​​e outros compostos nocivos para o organismo humano (confira aqui estudos a respeito: 15, 16, 17).

Os metais pesados ​​incluem alguns elementos essenciais em pequenas quantidades, como ferro e cobre, mas esses e outros metais pesados, como o cádmio e o chumbo, podem ser tóxicos em quantidades maiores.

Embora seja raro as pessoas possuírem níveis perigosos de metais pesados ​​no organismo, elas podem ficar expostas a metais pesados por meio da poluição ou de certos trabalhos como mineração (confira aqui estudo a respeito: 18).

Em animais, verificou-se que as algas, incluindo a chlorella, enfraquecem a toxicidade do metal pesado do fígado, cérebro e rins (confira aqui estudo a respeito: 19).

Além disso, alguns estudos sugerem que ela pode diminuir a quantidade de outros produtos químicos nocivos que podem estar presentes nos alimentos. Um deles é a dioxina, um disruptor hormonal que pode contaminar os animais no suprimento de alimentos (20, 21).

Com base nessa evidência, parece que a chlorella poderia ajudar a melhorar a capacidade natural do seu corpo de eliminar toxinas.

3. Melhora a imunidade

Um estudo concluiu que a chlorella aumentar a resposta imune em animais e humanos. Outro estudo mostrou que os homens produziram mais anticorpos ao tomar chlorella do que quando tomaram um placebo.

Além disso, outra análise de oito semanas, mostrou que adultos saudáveis ​​que tomaram chlorella apresentaram marcadores de aumento da atividade imunológica.

Em contrapartida, um estudo descobriu que a chlorella melhora a função imune em participantes com idade entre 50 e 55 anos, mas não aqueles com mais de 55 anos.

Portanto, é possível que a chlorella possa ter efeitos de reforço imunológico em algumas populações e grupos etários, mas não em todos. Mais e maiores estudos são necessários.

4. Pode ajudar a melhorar o colesterol

Vários estudos sugeriram que os suplementos de chlorella podem ajudar a diminuir o colesterol (confira aqui estudos a respeito: 22, 23, 24). Análises mostraram que tomar de cinco a dez gramas de chlorella por dia reduz o colesterol total e LDL e triglicerídeos em pessoas com pressão alta e / ou colesterol levemente elevado (confira aqui os estudos: 25, 26).

O compostos presentes na chlorella que podem ajudar a melhorar os níveis de lipídios no sangue são:

  • Niacina: vitamina AB conhecida por baixar o colesterol (confira aqui estudos a respeito: 27, 28).
  • Fibra: agente redutor de colesterol (confira aqui estudos a respeito: 27, 29).
  • Carotenoides: mostraram diminuir naturalmente o colesterol (confira aqui estudos a respeito: 30, 31, 32).
  • Antioxidantes: ajudam a prevenir a oxidação do colesterol LDL, que é conhecido por contribuir para doenças cardíacas (confira aqui estudo a respeito: 33).

5. Atua como um antioxidante

A chlorella contém vários compostos que são considerados antioxidantes, incluindo a clorofila, a vitamina C, o beta-caroteno, o licopeno e a luteína (confira aqui estudo a respeito: 34).

Em estudos em animais e em laboratório, a chlorella retardou a maneira como os genes envelheceram (confira aqui os estudos: 35, 36). Além disso, um outro estudo em humanos mostrou que os suplementos de chlorella aumentaram os níveis de antioxidantes em fumantes crônicos de cigarro, uma população com maior risco de dano oxidativo (confira aqui os estudos a respeito: 37, 38).

6. Ajuda a controlar a pressão arterial

Os suplementos de chlorella podem fazer bem para a saúde do coração e dos rins, o que é essencial para manter a pressão arterial sob controle.

Em um estudo, as pessoas com pressão arterial levemente alta que tomaram quatro gramas de chlorella diariamente, por 12 semanas, apresentaram pressão sanguínea mais baixa do que os participantes que tomaram o placebo.

Outro pequeno estudo em homens saudáveis ​​mostrou que tomar suplementos de chlorella estava associado a menor rigidez nas artérias, um fator que afeta a pressão arterial.

Uma teoria para explicar isso é que alguns dos nutrientes da chlorella, incluindo a arginina, o potássio, o cálcio e ômega-3, ajudam a proteger as artérias do endurecimento (confira aqui estudos a respeito: 39, 40).

7. Pode melhorar os níveis de açúcar no sangue

Algumas pesquisas mostram que a chlorella pode ajudar a diminuir os níveis de açúcar no sangue. Um estudo descobriu que tomar chlorella por 12 semanas reduziu os níveis de açúcar no sangue em jejum tanto em indivíduos saudáveis ​​quanto naqueles com alto risco de doenças relacionadas ao estilo de vida (confira aqui estudo a respeito: 41).

Outros estudos mostraram que a suplementação com chlorella melhora o controle do açúcar no sangue e aumenta a sensibilidade à insulina em pacientes com doença hepática gordurosa não alcoólica (42, 43, 44).

8. Pode ajudar a gerenciar doenças respiratórias

Doenças respiratórias como asma e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) geralmente requerem o controle da inflamação (confira aqui estudos a respeito: 45, 46). A chlorella tem alguns componentes que podem ajudar a reduzir a inflamação, incluindo seus muitos antioxidantes (confira aqui estudos a respeito: 47, 48).

Um estudo descobriu que a ingestão de suplementos de chlorella melhorou o status antioxidante em pacientes com DPOC, mas isso não se traduziu em nenhuma melhora na capacidade de respiração. Mais estudos são necessários para determinar seu verdadeiro efeito sobre as condições respiratórias, mas a chlorella pode ajudar na inflamação.

9. Pode melhorar a resistência aeróbica

Um estudo que analisou o efeito da chlorella na resistência aeróbica mostrou um efeito positivo. Os pesquisadores deram a um grupo de jovens adultos seis gramas de chlorella ou placebo por dia durante quatro semanas.

Ao final, o grupo da chlorella mostrou uma capacidade significativamente melhor de saturar os pulmões com oxigênio, o que é uma medida de resistência. O grupo placebo não experimentou quaisquer alterações na resistência.

Este efeito pode ser devido ao conteúdo de aminoácidos de cadeia ramificada da chlorella. Alguns estudos concluíram que esse tipo de aminoácido melhora o desempenho aeróbio (confira aqui os estudos 49, 50).

10. Pode prevenir os danos da luz azul

A luz azul é um comprimento de onda que pode ser nocivo para a saúde ocular. Ela acelera a degeneração da mácula e causa outros efeitos danosos aos olhos. A chlorella, por sua vez, possui as substâncias zeaxantina e luteína, que são carotenoides que diminuem o risco de degeneração macular (confira aqui estudos a respeito: 51, 52, 53).

11. Faz bem para o fígado

Estudos concluíram que os suplementos de chlorella melhoraram os marcadores de saúde do fígado em pessoas com doença hepática. No entanto, não está claro se há um benefício para pessoas saudáveis ​​(confira aqui os estudos: 54, 55, 56, 57).

Precaução

A chlorella é considerada um alimento seguro para a maioria das pessoas (confira aqui estudos a respeito: 58, 59). Entretanto, os suplementos de chlorella podem causa alguns efeitos colaterais como náusea e desconforto abdominal (confira aqui estudo a respeito: 60). Além disso, é importante ter em mente que os suplementos dietéticos podem interagir com alguns medicamentos.

Como suplementar chlorella

A literatura científica sobre chlorella não especifica uma dosagem ideal. Isso porque não há provas suficientes para determinar a quantidade necessária para ver efeitos terapêuticos.

Alguns estudos mostraram efeitos benéficos com a ingestão de 1,2 gramas por dia, enquanto outras análises observaram efeitos positivos com doses de cinco a dez gramas por dia (confira aqui os estudos a respeito: 61, 62, 63, 64, 65).

A maioria dos suplementos indica uma dose diária de 2 a 3 gramas, o que parece correto considerando a pesquisa. Além disso, é importante encontrar um suplemento de qualidade. A melhor maneira de fazer isso é procurar um que tenha um selo de garantia de qualidade de testes de terceiros.


Adaptado de Kerri-Ann

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail