Como evitar o tártaro dos dentes com oito dicas caseiras

eCycle

Além de desagradável esteticamente, o tártaro pode acabar danificando os dentes e a gengiva

como tirar tartaro dos dentes
Imagem editada e redimensionada de Kevin Grieve, está disponível no Unsplash

Como tirar o tártaro dos dentes é uma pergunta frequente feita por quem percebeu que os dentes ficam cada vez mais amarelados ao longo do tempo. Se você é uma dessas pessoas, confira oito dicas práticas de como remover a placa bacteriana para evitar a formação de tártaro nos dentes. Mas, lembre-se: dependendo do caso, quando o tártaro já está formado, é melhor procurar ajuda odontológica, pois o tártaro pode causar danos irreversíveis na gengiva e na arcada dentária.

Em odontologia, o tártaro é chamado de cálculo dental, sendo resultado da mineralização da placa bacteriana ou biofilme. Após cerca de 21 dias, caso o biofilme bacteriano não seja removido, há a fixação de uma comunidade de bactérias. Dessa forma, surge o tártaro, na parte interna e externa da linha da gengiva. Além de ser desagradável esteticamente, o tártaro pode acabar danificando os dentes e a gengiva se não for removido.

A maneira mais fácil de evitar a formação de tártaro é escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia. Você deve usar uma escova macia que deve ser substituída a cada três meses. Você também pode considerar o uso de uma escova de dentes elétrica, que pode ser mais eficiente do que a escova de dentes tradicional.

Passe o fio dental antes da escovação:

  1. Segure 18 centímetros de fio dental, envolvendo uma extremidade em torno de cada um dos seus dedos do meio;
  2. Segure o fio dental entre os dedos polegares e indicadores e, em seguida, empurre-o suavemente entre dois dentes;
  3. Mova o fio fazendo um formato de “C” na lateral de um dente;
  4. Esfregue o fio suavemente para cima e para baixo, continuando a pressioná-lo contra o dente;
  5. Repita esse processo em todos dentes, incluindo os do fundo.

Depois de passar o fio dental, você deve passar dois minutos escovando os dentes:

  1. Coloque uma quantidade de creme dental do tamanho de uma ervilha na sua escova. Para as crianças, a quantidade de pasta de dente deve ser do tamanho de um grão de arroz;
  2. Segure a escova de dentes em um ângulo de 45 graus com a gengiva;
  3. Mova a escova para frente e para trás em movimentos curtos e suaves com a mesma largura de cada um dos seus dentes;
  4. Escove todas as superfícies externas, superfícies internas e superfícies de mastigação, e não esqueça da língua;
  5. Para o interior dos dentes da frente, incline a escova verticalmente e faça pequenos movimentos para cima e para baixo.

Com esses passos, sua saúde dentária certamente estará em bom estado. Mas, infelizmente, a placa bacteriana se acumula rapidamente após ser removido. Alguns especialistas recomendam outros tratamentos caseiros para remover o acúmulo de placa bacteriana, incluindo tratamento com óleo de coco, entre outras dicas, confira:

1. Óleo de coco

Para evitar o tártaro dos dentes bocheche uma colher de sopa de óleo de coco durante 20 a 30 minutos. O óleo de coco é benéfico para saúde bucal porque contém ácidos graxos como o ácido láurico, uma substância com efeitos anti-inflamatórios e antimicrobianos.

Um outro estudo publicado pela plataforma PubMed concluiu que o óleo de coco é um ótimo adjuvante na diminuição da formação de placa e gengivite induzida por placa - o que o torna um aliado na higienização bucal diária.

Saiba mais sobre o óleo de coco na matéria: "Óleo de coco: benefícios, para que serve e como usar".

2. Cascas de limão ou laranja

Esfregue a parte interna (o lado branco) das cascas de limão ou laranja nos dentes por pelo menos dois minutos. As substâncias contidas nas cascas ajudam a tirar o tártaro. Mas use no máximo duas vezes por semana, enxágue e escove bem os dentes após, para tirar qualquer resquício de ácido.

3. Vinagre de maçã

O vinagre de maçã é um clareador natural, que ajuda a remover manchas de café e cigarros, além de promover bem-estar às gengivas. Você pode escovar os dentes com ele ou misturar um pouco de vinagre em água para fazer bochecho. Mas é preciso tomar cuidado: o vinagre é um produto ácido, que pode causar danos ao esmalte dos dentes. Se for usar vinagre para tirar o tártaro dos dentes, lave bem a boca e escove os dentes com pasta depois.

4. Casca de banana

A casca da banana contém ácidos naturais que ajudam a clarear os dentes, além de conter diversos nutrientes. A técnica é a mesma usada com cascas de laranja: esfregue a parte interna da casca de banana nos dentes por alguns minutos. Depois é só escovar os dentes mais uma vez.

5. Morango e sal

Escove os dentes com uma mistura de três morangos grandes bem amassados com uma colher (de café) de sal. Seque os dentes com um lenço e aplique a mistura usando a escova de dente. Deixe agir por cinco minutos e enxágue. Escove em seguida.

Por ser rico em vitamina C, o morango ajuda a evitar o tártaro, que também afetam a cor dos dentes. Além disso, o fruto contém ácido málico, uma enzima que clareia os dentes.

8. Cúrcuma

A cúrcuma, ou açafrão brasileiro, é uma raiz com propriedades antibióticas e que também ajuda a evitar o tártaro dos dentes. Apesar de ser amarela, basta escovar os dentes com um pouco de cúrcuma em pó e na hora já é possível percebê-los ficando mais brancos. Você também pode fazer uma mistura da cúrcuma com um pouco de óleo de coco, para obter uma textura mais agradável.

Saiba mais sobre a cúrcuma na matéria: "Conheça benefícios da cúrcuma, o açafrão-da-terra".

Como evitar a formação de tártaro nos dentes

O acúmulo de placa pode ter sérias consequências para a saúde. As bactérias do tártaro criam ácido alimentando-se dos açúcares dos alimentos ingeridos, o que pode danificar os dentes e causar cáries. As bactérias também produzem toxinas que podem danificar a gengiva, levando à doença periodontal (doença da gengiva).

Ao contrário da placa bacteriana, o tártaro não pode ser removido por escovação ou uso do fio dental. Para se livrar dele, você precisa visitar seu ou sua dentista, que usará instrumentos especiais para removê-lo em uma técnica chamada “escamação e polimento”.

A melhor maneira de evitar a formação de placa é manter bons hábitos dentários. Escove os dentes por dois minutos pelo menos duas vezes por dia (idealmente uma vez pela manhã e uma vez antes de ir para a cama) e use fio dental pelo menos uma vez por dia.

Consultas odontológicas regulares também são essenciais para prevenir a formação de tártaro. Seu dentista vai raspar e limpar os dentes para que fiquem livres da placa bacteriana e do tártaro. Eles também podem realizar um tratamento com flúor, que pode prevenir e retardar o crescimento de bactérias da placa bacteriana e o acúmulo de tártaro nos dentes. Isso ajuda a prevenir a cárie dentária.

Um estudo sugere que a goma de mascar adoçada com sorbitol ou xilitol entre as refeições pode impedir o acúmulo de placa bacteriana. Mas certifique-se de não adquirir chiclete com açúcar, o que estimula o crescimento de bactérias nos dentes. Além disso, manter uma dieta saudável com baixo teor de açúcares adicionados também ajuda a prevenir o tártaro. Certifique-se de comer vegetais frescos e grãos integrais.

Quanto melhor você cuidar dos seus dentes, menos vai precisar tirar o tártaro.


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail