Alcachofra: para que serve?

eCycle

Alcachofra serve para fazer várias receitas deliciosas. Mas para além disso, estudos apontam seus benefícios para a saúde

alcachofra para que serve
Imagem editada e redimensionada de Cristina La Carrubba, está disponível no Wikimedia Commons

A alcachofra é uma planta nativa do mediterrâneo que pertence à família Compositae. O termo "alcachofra" vem do árabe al-kharshûf, que significa "planta espinhuda". Apesar de sua origem, mais especificamente do Magreb, ela é bastante cultivada no Brasil e em algumas outras regiões da América do Sul.

Trazidas pelos emigrantes europeus, a alcachofra é consumida na forma de cápsulas como um produto fitoterápico e está presente em diversos pratos saborosos. Alguns estudos têm mostrado que o extrato de alcachofra pode ser uma aliado da digestão, do colesterol, entre outras propriedades confira:

Informação nutricional

De com dados da USDA, cada 100 gramas de alcachofra contém:
Nutriente Valor
Água 84,94 g
Energia 47 Kcal
Proteína 3,27 g (6,54% da IDR)
Cálcio 44 mg (3,4% da IDR)
Magnésio 60 mg (14,28% da IDR)
Fósforo 90 mg (7,2% da IDR)
Potássio 370 mg (7,9% da IDR)

Para que serve a alcachofra

Inibe o crescimento de bactérias

Um estudo publicado pelo Brazilian Journal of Food Technology concluiu que os extratos aquoso e alcoólico do chá de alcachofra têm a propriedade de inibir o crescimentos das bactérias Staphylococcus aureus, Pseudomonas aeruginosas, Bacillus cereus e Bacillus subtilis. Outro estudo, realizado no Brasil, também conclui que a alcachofra possui ação bactericida.

Dessas bactérias, as duas primeiras ( se estiverem em superpopulação) podem causar doenças em humanos. Entretanto, é importante ter ciência de que o estudo mencionado analisou os efeitos do extrato do chá de alcachofra in vitro. Isso significa que são necessárias análises que comprovem os efeitos do chá de alcachofra no organismo humano.

Pode fazer bem para os rins e ter ação antitumoral

De acordo com um estudo que analisou os efeitos do extrato de alcachofras cultivadas no Brasil, a espécie Dendropanax cf. querceti possui ação contra células tumorais devido à presença de lupeol, seu principal composto ativo. Essa substância ainda apresenta ação antioxidante e protege os rins da excreção de oxalatos (substâncias que, em excesso podem levar à formação de cálculos renais) e da exposição ao cádmio.

O mesmo estudo concluiu que a cinaropicrina, um composto encontrado em várias espécies de alcachofra, quando isolado, apresenta propriedades inibitórias contra a necrose tumoral. De acordo com o estudo, a eficácia é comparável ao fármaco prednisolona, um potente anti-inflamatório.

Outras análises citadas no estudo afirmam que a cinaropicrina, além de propriedades antitumorais, possui ação antimicrobiana e antifúngica. Entretanto, ela pode causar dermatite alérgica, inibição da secreção de plaquetas e efeitos tóxicos para células.

A limitação desses estudos é que eles analisaram os efeitos de substâncias isoladas. Para concluir se o consumo de alcachofra faz bem para os rins e tem ação antitumoral no organismo humano são necessárias mais análises.

Tem ação antioxidante e faz bem para o colesterol

O mesmo estudo citado anteriormente concluiu que os flavonóides obtidos das frações acetato de etila e butanol apresentam várias ações farmacológicas, tais como atividades anti-inflamatória, antioxidante, hipolipidêmica (serve para controlar os níveis colesterol) e outras.

Outras pesquisas corroboram com a afirmação de que o extrato de alcachofra pode ajudar a diminuir os níveis de colesterol.

O artigo de revisão publicado no Plant Foods for Human Nutrition relata que o extrato de alcachofra pode inibir a síntese de colesterol, ajudando a diminuir os níveis de colesterol total no sangue, assim como os níveis de lipoproteína de baixa densidade (LDL), também conhecido como "colesterol ruim".

Um artigo publicado no Cochrane Database of Systematic Reviews também confirma que o extrato de alcachofra pode ajudar a diminuir os níveis de colesterol. Mas os autores advertem que mais pesquisas são necessárias.

Manter níveis saudáveis ​​de colesterol é importante para a saúde geral, especialmente para a saúde do coração. O colesterol alto pode causar a formação de placas nas artérias. Isso pode levar a dor no peito, ataques cardíacos e derrames. Se você tem colesterol alto, seu médico provavelmente recomendará que você faça uma dieta bem balanceada e faça exercícios regularmente. Ele também podem prescrever medicamentos para baixar o colesterol.

Pode melhorar a digestão e aliviar dor no estômago

O extrato de folha de alcachofra contém altas concentrações de um composto chamado cynarin. Algumas evidências sugerem que ele pode ajudar a promover a digestão.

De acordo com um artigo de revisão publicado no Plant Foods for Human Nutrition, o cynarin ajuda a estimular a produção de bile, uma substância natural que ajuda o organismo a digerir gorduras e absorver nutrientes da comida.

Algumas evidências sugerem que o extrato de alcachofra ainda pode ajudar a aliviar dores no estômago e sintomas da síndrome do intestino irritável.

Ajuda a melhorar os níveis de açúcar no sangue

Suplementos de extrato de alcachofra também podem ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue, beneficiando pessoas pré-diabéticas. Se você tem pré-diabetes, seus níveis de glicose no sangue em jejum estão acima do normal.

Um estudo publicado na Phytotherapy Research sugere que suplementos de extrato de alcachofra podem ajudar a diminuir os níveis de glicose no sangue em pessoas com excesso de peso. Os participantes que tomaram os suplementos mostraram melhorias em seus níveis de açúcar no sangue. Eles também mostraram melhorias em seus níveis de colesterol.

Se não for tratada, a pré-diabetes pode levar a diabetes, que, por sua vez, pode aumentar o risco de muitos problemas de saúde, incluindo doença renal, doença cardíaca, derrame e coma diabético. Se você for diagnosticado com pré-diabetes, seu médico provavelmente o encorajará a fazer uma dieta bem equilibrada, fazer exercícios regularmente e perder o excesso de peso.

Serve para emagrecer?

Apesar de algumas pessoas afirmarem que o extrato de alcachofra serve para emagrecer, essas alegações ainda não foram apoiadas por estudos científicos.

Para cortar “calorias vazias”, evite alimentos que são ricos em açúcar processado e gorduras insalubres. Limite o consumo de alimentos fritos, biscoitos, bolos, refrigerantes e outros doces.

Segundo a Clínica Mayo, os alimentos ricos em fibras proporcionam maior sensação de saciedade do que as alternativas com baixo teor de fibras. Eles podem satisfazer a vontade de comer por mais tempo, o que pode ajudar a evitar excessos. Para saber quais são os alimentos ricos em fibras, dê uma olhada na matéria: "Quais são os alimentos ricos em fibras".

Para saber como emagrecer com saúde, sem deixar de comer, dê uma olhada na matéria: "21 alimentos que ajudam a emagrecer com saúde".

Achou interessante o tema e ficou com vontade de comer alcachofra? Confira receitas gostosas na matéria: "Como fazer alcachofra: sete receitas para cozinhar em casa" e compartilhe este artigo.




 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail