Folha e chá de louro: usos e benefícios

eCycle

Usada em diversos pratos como sopas, chá e molhos, a folha de louro proporciona benefícios para a saúde

folha de louro
Imagem editada e redimensionada de Erol Ahmed, está disponível no Unsplash

A folha de louro vem do loureiro, uma árvore que atinge até dez metros de altura e é conhecida cientificamente como Laurus nobilis. As folhas de louro podem ser colhidas e utilizadas durante todo o ano. Seus frutos, entretanto, semelhantes a pequenas azeitonas escuras, são colhidos apenas durante dois meses do ano. Sendo do mediterrâneo, o louro é muito cultivado em vários jardins da Itália, mas também é possível cultivá-lo no Brasil.

Muito usada na culinária em diversos pratos como sopas, legumes, chá e molhos, a folha de louro proporciona benefícios para a saúde, como controlar os níveis de açúcar no sangue e o colesterol, tratar feridas, entre outros. Confira:

Potencial de uso contra o câncer

Um estudo concluiu que o extrato da folha de louro é uma opção natural capaz de eliminar células cancerígenas, auxiliando a apoptose (a morte celular programada).

Uma solução para o diabetes

De acordo com um outro estudo, tomar todos os dias cápsulas que contêm de um a três gramas de folha de louro pode ajudar a diminuir e a controlar os níveis de glicose e colesterol em pessoas com diabetes. Isso ocorre, provavelmente, porque as folhas de louro contêm polifenóis, que são poderosos antioxidantes. Esta informação promissora indica que a folha de louro pode ajudar a regular e até prevenir o diabetes e outras doenças cardiovasculares.

Pode tratar feridas

Alguns estudos mostraram que as propriedades curativas do extrato da folha de louro podem reduzir a inflamação de feridas. Apesar desses experimentos terem sido realizados em ratos, as cientistas imaginam que em humanos o efeito seja semelhante. Se assim for, a antiga tradição de usar folha de louro para curar feridas tem finalmente uma prova científica.

Trata pedras nos rins

Um estudo analisou o efeito do extrato de folha de louro sobre pedras dos rins e chegou a conclusão de que, juntamente com oito outras ervas medicinais tradicionais, a folha de louro foi capaz de reduzir a quantidade de urease no organismo. Isso significa que ela tem potencial para auxiliar o tratamento de pedras nos rins.

Auxilia tratamento de convulsão

Textos antigos referem-se à folha de louro como um remédio para convulsões. Um estudo realizado em ratos mostrou que, essa prática, pode ter respaldo científico, pois o extrato da folha de louro foi eficaz contra convulsões.

Chá de louro para o estômago

Chá de louro

A infusão de louro é usada para aliviar dores de estômago ou cólica, pois promove a digestão e ajuda a expelir os gases do trato gastro-intestinal.

Use de três a quatro folhas para preparar o chá de louro. Deixe a folha de louro na água fervente por cerca de dez minutos e tome entre duas ou três xícaras ao dia.

Usos do louro na cozinha

A principal função da folha de louro na cozinha é temperar o mais diversos pratos, mas ela também proporciona o benefício de tornar suas receitas mais digeríveis, evitando o risco de inchaço abdominal.. Essa erva aromática combina particularmente com molho de tomate, feijão, grão-de-bico, lentilha, refogados e chá.

Mas é importante saber que a folha de louro não deve ser ingerida, devendo ser removidas após o preparo da refeição.

Contraindicações

Quando consumido em exagero o louro pode causar sonolência, cólicas abdominais, diarreia e dor de cabeça. O uso tópico pode causar erupções cutâneas e dermatites em pessoas hipersensíveis à planta. O consumo diário de louro, e acima de tudo os remédios naturais que utilizam o louro em sua composição, são contraindicados para mulheres grávidas, pois podem estimular o aborto. Os remédios naturais de louro também não são recomendados para crianças.


Adaptado de Healthline e GreenMe

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail