Argiloterapia: benefícios e como fazer

eCycle

Argiloterapia é opção eficaz e acessível para tratar rosto, corpo e cabelos

Argiloterapia é um conjunto de tratamentos estéticos à base de argila. Existem três tipos de tratamento: argiloterapia capilar, argiloterapia corporal e argiloterapia facial. Na pele, a argiloterapia tem ação calmante, anti-inflamatória e detox, ajudando a remover células mortas; já a argiloterapia capilar elimina impurezas dos fios e confere maciez, brilho e saúde ao cabelo.

A argila é rica em minerais e tem alto poder de absorção de toxinas e calor. Por isso, a argiloterapia tem sido utilizada há gerações para fins cosméticos, graças à sua capacidade de remover toxinas, metais pesados e outras impurezas. A argila também é capaz de transferir para a pele diversos nutrientes e minerais que beneficiam a saúde.

A argiloterapia trabalha com os mais diversos tipos de argila: bege, branca, verde, amarela, rosa, roxa, vermelha, marrom e preta. Cada uma delas possui propriedades específicas, embora algumas compartilhem os mesmos benefícios. Por exemplo, as argilas vermelha, verde, amarela, preta e marrom podem auxiliar na respiração celular, flacidez, circulação sanguínea, edemas e inflamações; já a argila branca é cicatrizante, clareadora, calmante e antisséptica.

Tipos de argilas e propriedades

Argila branca

A argila branca é amplamente utilizada na argiloterapia, porque é rica em alumínio e compostos minerais, o que lhe confere ação cicatrizante. É ideal para peles acneicas, mas também ajuda no clareamento e no tônus geral da pele. Nos cabelos, é utilizada para reforçar a densidade dos fios, hidratação e maciez. É ideal para tratar caspa.

Argila verde

Tem ação seborreguladora, adstringente e purificadora na pele. Quando aplicada no corpo, pode ajudar a melhorar a flacidez e diminuir a celulite. Também é indicada para pele oleosa, pois regula a oleosidade natural do rosto. Nos cabelos, tem propriedades antirresíduo e realizam uma limpeza profunda nos fios. Ideal para tratar dermatite seborreica.

Argila cinza

A argila cinza tem ação anti-inflamatória e ativa a circulação sanguínea. Na argiloterapia capilar, é excelente para tratar a queda de cabelo.

Argila vermelha

Na argiloterapia facial, auxilia na regulação do fluxo sanguíneo e vascular, sendo ideal para peles sensíveis, com alergia ou que sofrem com rosácea. No corpo, tem ação antiflacidez e ativa a microcirculação, ajudando a combater a celulite e combater a gordura localizada. É rica em óxido de ferro, um elemento importante para a respiração celular. Na argiloterapia capilar, é ideal para a queda de cabelo e limpeza profunda do couro cabeludo.

Argila rosa

Mais suave do que a argila verde, tem ação antioxidante e calmante, sendo muito utilizada na argiloterapia para tratar peles secas e sensíveis. Na argiloterapia capilar, é ideal para tratar seborreia.

Argila preta

Uma das mais utilizadas na argiloterapia, a argila preta é anti-inflamatória e antitumoral. Auxilia na saúde da pele, tanto do rosto como do corpo. Pode ser usada para amenizar celulite, linhas de expressão e acne, promovendo bem-estar geral. Nos fios, combate oleosidade e queda de cabelo.

Argila amarela

Rica em silício e potássio, é uma argila remineralizante de colágeno da pele. Ajuda na nutrição e na renovação celular – ou seja, possui ação antienvelhecimento. Purifica a pele e promove bem-estar. Nos cabelos, é ideal para remover toxinas no couro cabeludo e promover uma limpeza profunda.

Argila roxa

A argila roxa ajuda na produção de colágeno e é rica em magnésio. Na argiloterapia, é utilizada para eliminação de toxinas e bioeletroestimulação, ajudando a manter a pele jovem por mais tempo.

Argiloterapia facial: passo a passo

  1. Higienize a pele como de costume.
  2. Faça uma esfoliação.
  3. Prepare uma máscara com argila, hidrolato (água aromática) ou água purificada e, se preferir, um óleo essencial de sua escolha.
  4. Aplique uma camada de 1 cm no rosto, tomando cuidado para a máscara não secar enquanto aplica.
  5. Deixe agir por 20 minutos, retire a máscara e finalize com hidratante.
  6. Passe protetor solar fator 30, caso vá se expor ao sol.

Argiloterapia corporal: passo a passo

  1. Higienize a pele como de costume.
  2. Faça uma esfoliação.
  3. Aplique uma camada de argila e água purificada, gelada ou morna.
  4. Envolva a pele com uma bandagem e deixe agir por 20 minutos. Se usar água morna, use manta térmica.
  5. Aplique um creme, fazendo manobras de massagem modeladora, para potencializar o tratamento.

Argiloterapia capilar: passo a passo

  1. Misture, num recipiente, 3 colheres de sopa de argila em pó, meio copo de água e uma tampinha de Bepantol líquido.
  2. Certifique-se de os fios estejam completamente secos e aplique o produto na raiz (e somente na raiz!), com cuidado.
  3. Utilize o cabo de um pente ou um pincel para aplicar a ajudar a espalhar o produto pela raiz.
  4. Deixe agir por 15 minutos.
  5. Lave o cabelo com o shampoo de costume e faça uma boa hidratação.

Precauções

Pessoas com hipertensão, prisão de ventre ou que passaram recentemente por sessões de raio X devem evitar a argiloterapia. Dietas muito ricas em gordura também podem afetar a ação da argiloterapia. O tratamento também não é recomendado em caso de alergias ou lesões na pele. Além disso, a argiloterapia pode causar ressecamento da pele ou aumento da oleosidade no início do tratamento, uma vez que a argila absorve a oleosidade e pode causar efeito-rebote por alguns dias.

Onde encontrar

Por serem produtos naturais e puros, as argilas não têm impacto negativo no meio ambiente. A argiloterapia pode trazer muitos benefícios, não só estéticos, mas também para a saúde. Confira argilas orgânicas e 100% naturais na Loja eCycle.



Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×