Óleo de cártamo: para que serve, benefícios e propriedades

eCycle

Óleo de cártamo pode ser usado na cozinha e na pele

oleo de cartamo
Imagem: Carthamus tinctorius L. por Pseudoanas

O óleo de cártamo é extraído das sementes de Carthamus tinctorius, uma planta anual, com flores amarelas ou alaranjadas, muitos ramos e uso pouco conhecido, exceto pelo seu óleo. No passado, as flores de cártamo eram tipicamente usadas para tintas, mas elas tiveram uma gama maior de usos nos últimos anos, tendo sido uma planta importante para as culturas que remontam aos gregos e egípcios.

Existem cerca de 60 países em todo o mundo que cultivam cártamo, mas o rendimento global é bastante pequeno, apenas cerca de 600.000 toneladas por ano em todo o mundo. Na história moderna, o óleo de cártamo, que é extraído das sementes, é o elemento mais valioso da planta, e a maior parte da produção é usada para esse fim. O óleo, no entanto, é um bom substituto para outros óleos vegetais menos saudáveis que são amplamente utilizados, por isso o mercado continua a crescer em todo o mundo.

Benefícios do óleo de cártamo na cozinha

Na cozinha, o óleo de cártamo é uma ótima alternativa. Quem procura um óleo que seja adequado para altas temperaturas pode optar por usar o óleo de cártamo. Isso porque ele tem um poder calorífico maior do que o que o óleo de milho, o óleo de canola, o azeite de oliva, o óleo de gergelim, entre outros.

O óleo de cártamo tem um sabor neutro, tornando-se uma escolha ideal para muitas receitas.

Ele possui duas variedades disponíveis: o óleo de cártamo alto-linoleico e o alto oleico. O óleo de cártamo com alto teor linoléico é rico em gorduras polinsaturadas, enquanto o óleo de cártamo com alto teor oleico contém mais gorduras monoinsaturadas. O óleo de cártamo poli-insaturado é bom para alimentos não aquecidos, como vinagretes. E o óleo de cártamo monoinsaturado é bom para cozinhar em altas temperaturas.

O óleo de cártamo é uma rica fonte de ácidos graxos insaturados; tem um sabor neutro que combina bem com muitos pratos e cozinhas e sua forma monoinsaturada pode ser aquecida a temperaturas mais altas do que muitos outros óleos de cozinha.

Quando usado com moderação, o óleo de cártamo é um complemento saudável para uma dieta bem equilibrada, sendo uma rica fonte de ácidos graxos monoinsaturados e poli-insaturados, que a American Heart Association (AHA) chama de "gorduras boas". E ainda contém relativamente pouca gordura saturada, que a AHA chama de "gordura ruim".

Um estudo publicado na Clinical Nutrition sugere que doses diárias de óleo de cártamo podem ajudar a melhorar o açúcar no sangue, o colesterol e os níveis de inflamação em pessoas com diabetes tipo 2. A AHA também sugere que os ácidos graxos insaturados podem ajudar a reduzir o colesterol ruim no sangue.

Tente usar óleo de cártamo em sua cozinha, em vez de manteiga ou outros óleos parcialmente hidrogenados. O óleo de cártamo monoinsaturado é ideal para cozinhar em altas temperaturas, enquanto o óleo de cártamo poli-insaturado é mais adequado para preparações cruas ou cozidas em fogo baixo.

Mas ele também tem usos cosméticos. Algumas pessoas usam o óleo de cártamo como hidratante para a pele seca ou como um óleo carreador para óleos essenciais.

Se você almeja algo frito de vez em quando, o óleo de cártamo monoinsaturado é um dos melhores óleos para o trabalho. Ao contrário do azeite de oliva, ele pode suportar altas temperaturas. Aqui estão algumas dicas para o uso de óleo de cártamo monoinsaturado e poli-insaturado em sua cozinha.

Óleo de cártamo monoinsaturado

O óleo de cártamo monoinsaturado é uma das melhores opções para cozinhar em altas temperaturas. Se você quiser consumir alimentos fritos de vez em quando, considere o uso de alimentos que sejam ricos em vitaminas e minerais, como a abobrinha ou uma mistura de vegetais. Você também pode usar óleo de cártamo para fazer batatas fritas como a batata-doce.

Óleo de cártamo poli-insaturado

O óleo de cártamo poli-insaturado é ideal para molhos de saladas, outras receitas crus e pratos preparados em fogo baixo. Mas lembre-se, este óleo delicado pode se tornar rançoso rapidamente. Guarde sempre em local fresco e escuro ou na sua geladeira.

Mas, como todos os óleos, o óleo de cártamo é rico em calorias e pobre em vitaminas e minerais. Então desfrute com moderação como parte de uma dieta bem balanceada - e limite os alimentos fritos e os produtos assados ​​com alto teor de gordura ao deleite ocasional.

Benefícios do óleo de cártamo no corpo

Algumas pessoas estão usando cada vez mais cártamo na pele, tanto em sua forma de óleo vegetal quanto óleo essencial.

Algumas pesquisas indicam que o óleo de cártamo pode ter efeitos de alívio da dor, bem como benefícios anti-inflamatórios e antioxidantes.

O óleo de cártamo também pode ser usado topicamente em certos produtos de cuidados da pele e cosméticos, devido aos seus efeitos hidratantes, dando à pele uma aparência mais suave e macia.

Óleo vegetal de cártamo e óleo essencial de cártamo

O óleo de cártamo é a versão comestível das sementes prensadas da planta. É comumente usado na culinária e na medicina, embora também possa ser usado na pele.

O óleo de cártamo também é usado como óleo transportador para outros óleos essenciais.

Já as versões de de óleo essencial de cártamo são as versões destiladas ou prensadas das pétalas e partes de floração da planta. Apesar do nome, estas não têm a textura oleosa que as versões de óleo de cozinha possuem. O óleo essencial de cártamo deve ser diluído antes de aplicado na pele; e não deve ser ingerido devido à sua natureza mais potente e outros ingredientes.

Versões comestíveis, puras, de óleo de cártamo podem ser aplicadas na pele sem qualquer preparação.

Óleos essenciais são mais potentes e são feitos apenas para uso a curto prazo. Interrompa o uso se notar quaisquer sinais de irritação ou reações, como erupções cutâneas ou urticária.

Óleo de cártamo para acne

Embora possa parecer estranho aplicar o óleo na acne, o óleo de cártamo é considerado não-comedogênico, o que significa que não vai entupir os poros. Seus efeitos anti-inflamatórios também podem ser potencialmente úteis no tratamento de espinhas e manchas de acne. Também pode ajudar a desobstruir os poros quando usado algumas vezes por semana.

Para utilizar óleo de cartamo combate à acne misture-o com farinha de aveia e aplique na pele. Deixe durante dez minutos e lave com água.

Óleo de cártamo para eczema

Eczema é uma condição comum da pele. Os sintomas do eczema são respostas inflamatórias. Embora o eczema grave possa exigir medicação, você também pode ajudar a tratar manchas cutâneas por meio da dieta adequada e pomadas tópicas.

Os benefícios dietéticos do óleo de cártamo incluem ajudar o organismo a processar vitaminas solúveis em óleo, como as vitaminas A e E. Essas vitaminas ricas em antioxidantes são importantes para manter as células saudáveis.

Como um hidratante tópico, acredita-se que o ácido linoléico do óleo de cártamo ajuda a manter a integridade da camada externa da pele, evitando a descamação.

Aplique óleo de cártamo puro diretamente no seu eczema sempre que desejar. Se você estiver usando óleo essencial diluído, use apenas uma ou duas vezes por dia.

Óleo de cártamo emagrece?

O consumo de óleo de cártamo tem sido associado ao emagrecimento; entretanto, há uma grande confusão em relação a essa propriedade.

O consumo de óleo de cártamo natural não possui estudos significativos que o associam ao emagrecimento. Sua versão em cápsula, em contrapartida, possui estudos que concluem que o consumo pode trazer perda de peso. A desvantagem é que essas cápsulas são uma versão alterada quimicamente do óleo de cártamo, e apresentam significativos efeitos adversos; além de não proporcionarem perda de peso de grande relevância. Para saber mais sobre esse tema, dê uma olhada na matéria: "Óleo de cartamo emagrece?.


Fonte: Healthline

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail