Arnica: para que serve e benefícios

eCycle

Chá, gel e pomada de arnica podem ser utilizados externamente como anti-inflamatórios e analgésicos. Entenda

Arnica
Imagem: Arnica montana por xulescu_g está licenciada sob (CC BY-SA 2.0)

O que é arnica?

Arnica é o nome popular da espécie vegetal de nome científico Arnica montana, uma planta originária das montanhas da Europa e da Sibéria, utilizada há muitos séculos na medicina alternativa para o tratamento da dor e inflamação de diversas condições.

Devido à cor amarela de suas flores e à semelhança de suas pétalas com as pétalas da margarida, a arnica também é chamada de "margarida da montanha".

A pomada de arnica, seu gel e chá são as alternativas mais empregadas para obter os benefícios terapêuticos da planta. Entretanto, a arnica também pode apresentar efeitos indesejados.

Para que serve a arnica?

Arnica
Imagem: Arnica montana por Enrico Blasutto está licenciada sob (CC-BY-SA-2.5)

Gel, chá e pomada de arnica feitos a partir da flor da planta podem ser utilizados ​​externamente para tratar:
  • dores musculares
  • contusões
  • dor nas articulações e inchaço
  • inflamação

Benefícios comprovados

A arnica é comumente usada para tratar contusões, por isso é popular entre as pessoas que passaram recentemente por cirurgia, especialmente a cirurgia plástica. Embora a pesquisa científica seja inconclusiva sobre os benefícios da arnica e para que serve, a pomada de arnica, seu gel e chá conhecidos por ajudar no combate a dor e tratamento de hematomas na pele.

Um estudo de 2006 realizado com pessoas que foram submetidas a uma ritidoplastia (cirurgia plástica para reduzir as rugas) mostrou que a arnica homeopática pode aumentar significativamente a cura das lesões. Um outro estudo, publicado pela plataforma PubMed, concluiu que a arnica é eficaz no tratamento de várias condições pós-operatórias, incluindo inchaço, hematomas e dor.

Como usar arnica

Se você pretende usar arnica para tratar a dor, nunca a tome por via oral. Para obter os benefícios da arnica é indicado realizar a aplicação do gel de arnica no local da dor. Não é recomendado ingerir arnica, pois doses maiores não diluídas muto bem podem ser fatais.

Você pode fazer uso de remédios homeopáticos de arnica, mas isso porque os produtos homeopáticos são altamente diluídos. A erva em si não deve ser colocada na boca.

Como fazer chá de arnica para uso externo

Para preparar o chá de arnica para uso externo você vai precisar de um punhado de flores de arnica fresca e quatro colheres de sopa de água.

Ferva a água, desligue o fogo, coloque as flores e deixe tampado durante cerca de cinco minutos. Pronto, se não estiver muito quente você já pode usar para fazer compressa de arnica nas regiões doloridas.

Efeitos indesejados

Outras pesquisas forneceram resultados diferentes quanto à eficácia da arnica. Um estudo publicado no Annals of Pharmacotherapy concluiu que o uso de arnica aumenta a dor nas pernas 24 horas após uma rotina de exercícios de panturrilha.

Precauções e efeitos colaterais

Não é recomendado aplicar arnica em ferimentos ou usá-la por longos períodos de tempo, pois pode causar irritação. Além disso, é recomendado que gestantes ou mulheres que amamentam consultem um médico ou uma médica antes de usar arnica.

Algumas pessoas podem ter reações alérgicas ou hipersensibilidade à arnica. Se isso ocorrer, você deve parar o uso imediatamente. Pessoas alérgicas ou hipersensíveis a qualquer planta da família Asteraceae devem evitar o uso de arnica. Exemplos de plantas dessa família incluem:
  • dália
  • margarida
  • dente-de-leão
  • malmequer
  • girassol
Para saber mais sobre o dente-de-leão dê uma olhada na matéria: "Dente-de-leão: planta é comestível e traz benefícios à saúde".


Fonte: Healthline

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail