Biodigestor: problema ambiental vira solução sustentável

eCycle

O biodigestor transforma os resíduos da produção rural em produtos de alta qualidade. Entenda o funcionamento e os benefícios da utilização desse sistema

Biodigestão

O biodigestor é um equipamento fechado onde a matéria orgânica é introduzida para ser decomposta por diversos micro-organismos anaeróbios. Como subproduto são gerados o biofertilizante e o biogás, que podem ser utilizados para outros fins, trazendo consigo lucros e benefícios ambientais.

Resíduos da produção rural - dejetos de suínos, bovinos e aviários, resíduos agrícolas, resíduos de lavagem e ração - costumam ser considerados problemas para o produtor rural, pois é exigido por lei que eles tenham uma destinação adequada, evitando que contaminem o meio ambiente.

Os biodigestores auxiliam o produtor no manejo correto dos resíduos das suas atividades e, conjuntamente a isso, fabricam novos produtos que podem ser usados pelo produtor rural. O biodigestor é um equipamento de simples construção e operação. Sua função é transformar matéria orgânica crua em biofertilizante de alta qualidade biológica; nesse processo, gera como resíduo um biogás, que pode ser utilizado como combustível.

Quer experimentar os biodigestores, mas está com dúvida de como utilizá-los? Agora que já sabemos o que é um biodigestor, precisamos saber como ele funciona. Conheça as composição dos biodigestores e veja orientações para o seu correto funcionamento e manutenção.

Funcionamento do biodigestor

O biodigestor é um sistema para tratar matéria orgânica através de decomposição anaeróbia (na ausência de oxigênio), produzindo biofertilizante e gerando um biogás (esse é uma mistura de gás metano com gás carbônico) de alto poder calorífero como subproduto, podendo ser coletado e utilizado como gás de cozinha ou, com o auxílio de um sistema de conversão, pode ser transformado em energia elétrica.

O sistema de um biodigestor em geral é composto de duas divisórias integradas: um biodigestor tubular + uma lagoa de biofertilizante. O resíduo é depositado no biodigestor tubular, onde fica por um período certo para que as bactérias anaeróbicas fermentem o material e liberem o biogás. Esse material líquido fermentado passa em seguida para a lagoa de biofertilizante, de onde o produto pode ser coletado e utilizado na lavoura, ou pode ser bombeado até o local de descarte, se o produtor não for utilizá-lo.

É importante que ocorra essa fermentação dos dejetos (que acontece dentro do biodigestor tubular) antes que os resíduos sejam despejados em solo e rios porque esse processo mata os micro-organismos patógenos e transforma as moléculas complexas do resíduos em moléculas mais simples, que podem ser absorvidas pelas plantas, não colocando em risco o meio ambiente e a saúde pública.

Dejetos animais e humanos podem ser colocados no biodigestor, assim como resíduos agrícolas. Os resíduos animais, em geral, aumentam a capacidade de geração de biogás e são altamente recomendáveis.

Existe também o biodigestor residencial que pode ser montado pelo próprio usuário, é compacto, eficiente e de baixo custo. A produção de biogás equivale a um botijão de gás por mês, para saber mais sobre esse tipo de biodigestor, acesse a matéria "Biodigestor residencial da Recolast: transforme resíduos orgânicos domésticos em gás de cozinha e fertilizante".

Produtos gerados

Biofertilizante

O biofertilizante gerado por meio do biodigestor é um tipo de adubo natural, sustentável, com qualidade excelente, podendo ser substituto dos fertilizantes químicos e defensivos agrícola. Ele atua como fertilizante foliar, reticular e como bioinseticida.

Biogás

O biogás é um gás composto principalmente por gás carbônico e metano. Os biodigestores em geral acompanham uma tubulação para o biogás e um flare (chaminé, caso o comprador queira queimar o biogás gerado). Se você quiser utilizar esse biogás para gerar energia, procure a fornecedora do seu biodigestor - em geral as marcas conseguem indicar empresas parceiras que vendem os geradores de energia.

Tamanhos variados

Empresas como a Recolast vendem biodigestores de 1 m³ a 720 m³, o que atende pequenos, médios, grandes produtores e residências. O tamanho do biodigestor e a quantidade de biofertilizante e biogás gerados dependerão da quantidade e dos tipos de animais que o produtor possui.

Veja qual é o tamanho ideal para a sua produção e faça um orçamento do seu biodigestor preenchendo o formulário abaixo:


Fonte: Recolast Ambiental

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail