Sete dicas para o início de uma reeducação alimentar

eCycle

A reeducação alimentar é um caminho seguro e eficaz para quem precisa emagrecer ou procura um estilo de vida mais saudável

Alimentar-se de forma saudável ao longo do dia pode parecer um desafio para quem enfrenta um cotidiano corrido. Existem inúmeras opções fáceis e nada saudáveis para cada uma das suas refeições, mas o excesso de alimentos industrializados e aditivos pode trazer vários problemas de saúde - além do sobrepeso. Se você precisa emagrecer ou simplesmente procura um estilo de vida mais saudável, o melhor caminho é a reeducação alimentar, em que você treina o seu apetite e paladar aos poucos.

Fazer um esforço de reeducação alimentar evita a ingestão desnecessárias de comida e também ajuda a evitar comer por compulsão. Confira algumas dicas para quem está começando uma reeducação alimentar - elas vão te ajudar a colocar em prática uma melhor relação com os alimentos que você consome.

Sete dicas para o início de uma reeducação alimentar

1. Esconda o cereal matinal

Sabe quando você dá aquela olhada no pacote de cereal matinal, não resiste e come uma colherada fora de hora? É comprovado que indivíduos que não deixam cereais matinais (que são um alimento rico em carboidratos) à vista na cozinha ingerem menor quantidade com relação a pessoas que guardam os seus "flocos de milho" ou granolas em locais visíveis.

2. Não leve as panelas à mesa

A mesa fica bem bonita com panelas e vasilhas cheias de comidas deliciosas, mas fazer o prato na cozinha diminui a chance de você repetir a refeição por gula. Quando for pegar as sobras na geladeira, evite esquentar tudo. Faça o seu prato e leve-o ao micro-ondas.

3. Monte seus pratos com carinho

A beleza é fundamental na hora de se alimentar. Quanto mais colorido e bem estruturado o conteúdo do prato, menor a chance de uma repetição sem motivo. Uma pesquisa mostrou também que o contraste entre a cor do prato e a comida é importante - quanto maior o contraste, menos alimento é ingerido.

4. Goles e tamanho do copo

Tomar uma bebida em pequenas doses pode fazer com que você beba menos. Optar por copos mais altos e mais finos na hora da refeição também pode ser uma escolha inteligente para ingerir menos líquido.

5. O que seu ídolo comeria?

Você tem alguma pessoa que admira em termos de escolhas saudáveis? Então, na hora que a tentação dos alimentos fáceis e gostosos atacar, pense sobre o que essa pessoa faria. Esse estímulo pode fazer você chegar a bons resultados na sua reeducação alimentar em curto prazo, sem contar que o ato de tentar pensar com "a cabeça de outra pessoa" pode te levar a decisões mais conscientes e responsáveis.

6. Chiclete na hora de fazer compras

Ir ao supermercado com fome é a melhor receita para estragar sua reeducação alimentar. Chocolates, bolachas recheadas e salgadinhos saltam aos olhos de um estômago vazio (e habituado com esse tipo de alimento). Masque chiclete quando for às compras, assim você pode diminuir a ansiedade e escolher melhor o que vai levar para casa.

7. Faça sua marmita

Ao preparar sua refeição previamente você tem noção da quantidade de comida que vai ingerir no dia. Uma boa opção é cozinhar tudo no fim de semana e guardar pequenas porções para levar ao trabalho nos dias posteriores. Você pode congelar marmitas já montadas (com arroz integral, alguma fonte de proteína e purês de legumes, por exemplo).

8. Come devagar e mastigue bem os alimentos

Comer lentamente e mastigando bem os alimentos facilita a digestão e também proporciona satisfação com porções menores de alimento. Se você demorar um pouco a mais para comer, o alimento terá mais tempo para chegar ao seu estômago antes que você termine de bater um pratão. Assim você come menos e não fica com aquela sensação de cansaço após as refeições.

Tente seguir essas dicas para evitar o hábito de comer sem pensar e colocar sua reeducação alimentar em andamento. Assim você garante uma alimentação mais saudável e de quebra talvez ainda consiga perder peso - se esse for seu objetivo, a reeducação alimentar é a solução ideal, pois assim você conseguirá manter seu peso baixo após perder os quilinhos que estavam sobrando, evitando o indesejado efeito sanfona, comum em dietas de restrição alimentar.


Fonte: Care2

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail