Tudo sobre tatuagem

eCycle

A tatuagem tem um valor cultural importante, mas é preciso cuidado

Tatuagem
Imagem de Lucas Lenzi em Unsplash

A tatuagem é uma das formas de modificação do corpo mais conhecidas e cultuadas do mundo. Trata-se de uma arte permanente feita na pele que, tecnicamente, consiste em uma aplicação subcutânea obtida por meio da introdução de pigmentos por agulhas. Apesar de ser uma prática muito comum, ela apresenta alguns riscos para a saúde. Além disso, é preciso cuidado e uma preparação específica para fazer uma tatuagem.

Origem da tatuagem

Fazer tatuagem não é moda nova. Não se sabe ao certo quando a prática começou, mas um dos registros mais antigos foi detectado no famoso Homem do Gelo - múmia com aproximadamente 5,3 mil anos, descoberta em 1991 nos Alpes. Já as múmias egípcias femininas, como a Amunet, apresentam traços e pontos escritos na região do abdome, indicando que a tatuagem no Egito Antigo poderia ter relação com cultos à fertilidade.

Mesmo com tantas incertezas, os estudiosos concordam que, já nos primórdios da humanidade, a tatuagem deve ter surgido na busca de tentar preservar a pintura do corpo. A prática se difundiu por todos os continentes, com diferentes finalidades: rituais religiosos, identificação de grupos sociais, marcação de prisioneiros e escravos, ornamentação e até mesmo camuflagem.

No Ocidente, a técnica caiu em desuso com o cristianismo, que a proibiu. A tradição só foi redescoberta em 1769, quando o navegador inglês James Cook realizou sua expedição à Polinésia e registrou o costume em seu diário de bordo: “Homens e mulheres pintam seus corpos.

Cem anos depois, Charles Darwin afirmou que nenhuma nação desconhecia a arte da tatuagem. De fato, dos índios americanos aos esquimós, da Malásia à Tunísia, a maioria dos povos do planeta praticava ou havia praticado algum tipo de tatuagem. Com a invenção da máquina elétrica de tatuar, em 1891, o hábito se espalhou ainda mais pela Europa e pelos Estados Unidos. No final do século XX, pele desenhada, até então uma característica quase exclusiva de marinheiros e presidiários, tornou-se uma das mais duradouras modas jovens.

Como uma tatuagem é feita?

Uma tatuagem é feita por meio da aplicação de tinta na região da pele conhecida como derme, que se localiza abaixo da camada mais externa da pele, a epiderme. A tinta é injetada por intermédio de agulhas finas que penetram cerca de 2 mm de pele até atingir o local adequado. É importante que a tinta seja colocada no local certo para evitar que a tatuagem seja removida. Se a tinta fosse colocada superficialmente, o processo de descamação da pele levaria à eliminação da tatuagem.

Etapas para a realização de uma tatuagem

Para fazer uma tatuagem, algumas etapas devem ser seguidas. O primeiro passo é fazer a limpeza do local onde será feita, retirando todos os pelos da região. Alguns profissionais recomendam que a depilação seja feita pelo menos dois dias antes do processo para evitar a inflamação.

Antes de iniciar a tatuagem, é fundamental desinfetar a área que será tatuada. O mesmo deve ser feito com as mãos do tatuador antes da colocação da luva. Além disso, antes do início do processo, é importante verificar se as agulhas são descartáveis ou foram esterilizadas na autoclave e se as tintas estão com seus rótulos originais.

Após a limpeza total da área e conferência do material, inicia-se a fase de transferência do desenho que deverá ser tatuado. A técnica chamada de decalque permite que os contornos a serem feitos fiquem na pele de forma a guiar o trabalho do tatuador. Feito isso, começa a injeção da tinta.

Finalizada a tatuagem, é importante fazer o curativo do local. Aproximadamente três horas após a realização do desenho, é necessário lavar a área com água corrente e sabonete neutro ou antisséptico. Depois de limpar, é fundamental aplicar pomada cicatrizante e refazer o curativo. Recomenda-se que seja feito o curativo por dois dias pelo menos quatro vezes ao dia. Passado esse tempo, a recomendação é que se utilize somente a pomada cicatrizante.

Principais riscos da tatuagem

Os principais riscos de fazer uma tatuagem incluem:

Infecções

É comum pais dizerem aos filhos sobre os riscos das infecções, mas a relação com doenças como a hepatite C é mais difundida do que muita gente pensa. Um estudo do jornal Hepatology descobriu que pessoas tatuadas são quatro vezes mais sujeitas a terem a doença.

Reações alérgicas

Não é sempre que aquela pequena alergia vai sumir de um dia para outro. As reações mais comuns vêm de pigmentos da tinta e podem persistir por meses e até mesmo anos.

Tintas misteriosas

Hoje em dia, muitas das tintas de tatuagem contêm corantes azóicos orgânicos com componentes baseados em plástico - isso é muito comum em outros ramos (tintas para roupas e carros). O pior é que não se sabe muito bem qual a reação desses componentes em contato com a pele ou com o corpo em geral.

Metais pesados

Em uma análise de dezessete tintas escuras de diferentes fábricas, o número de metais pesados foi às alturas. Tintas de tatuagem contêm, em geral chumbo, cádmio, cromo, níquel, titânio e outros metais que podem incitar alergias e doenças.

Dibutilftalato

O dibutilftalato é um plastificante encontrado em esmaltes e responsável pela durabilidade do produto. Ele apresenta efeitos adversos em exposição a longo prazo e é bastante problemático para a saúde humana.

Hidrocarbonetos aromáticos policíclicos

Um estudo de 2010 encontrou produtos de combustão conhecidos como hidrocarbonetos policíclicos aromáticos em diferentes tintas escuras. Um desses componentes é conhecido como um potencializador do câncer de pele, usado em pesquisas com animais.

Nódulos linfáticos

Estudos mostraram que a tinta da tatuagem se movimenta pelos nódulos linfáticos do portador, que são partes muito importantes do corpo humano, responsáveis por filtrar organismos que causam doenças. Ainda não se sabe se esses movimentos da tinta pelo sistema linfático causam ou não qualquer problema de saúde.

Portanto, se você realmente quiser fazer uma nova tatuagem, certifique-se de amenizar a maior parte dos problemas - saiba a origem da tinta e tenha certeza que você não possui nenhum tipo de alergia. E, claro, escolha um local de higiene e qualidade comprovadas.

Cuidados ao fazer uma tatuagem

Para reduzir o risco de surgimento de alguma complicação, é importante ter alguns cuidados após fazer uma tatuagem, como:

  • Exigir que todo o material seja novo e descartável, evitando materiais que são esterilizados e reutilizados;
  • Preferir tatuagens pequenas e pretas;
  • Não fazer tatuagem em cima de pintas ou manchas, porque isso pode dificultar a visualização de alguma alteração no tamanho, forma ou cor da pinta;
  • Aplicar uma pomada ou creme cicatrizante após a sua realização e durante 15 dias;
  • Aplicar uma boa camada de protetor solar sempre que se expor ao sol para proteger a pele e evitar que a tatuagem desbote;
  • Não frequentar a praia ou piscina nos primeiros dois meses para diminuir o risco de infecções;
  • Não doar sangue durante um ano após a realização da tatuagem.

Ao observar quaisquer alterações no local em que foi feita a tatuagem, consulte um médico ou uma médica.



Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×