Seis usos incorretos do bicarbonato de sódio

O bicarbonato de sódio tem muitos predicados, mas ele não serve para tudo

Colher de bicarbonato de sódio

O bicarbonato de sódio é um ótimo aliado no dia a dia, já que tem utilidades diversas. Ele pode servir como substituto de produtos de limpeza, de itens de beleza, além de cumprir várias funções na na cozinha.

No entanto, como tudo no mundo, o bicarbonato tem suas limitações. Listamos seis maneiras de como não usar bicarbonato de sódio abaixo. Fique ligado para não usá-lo de modo incorreto:

1. Antiácidos

Antiácidos

Sofrendo de azia? Bicarbonato de sódio é um antiácido altamente eficaz. Porém, como o próprio nome diz, ele é composto por sódio. O bicarbonato de sódio, em média, é composto por 27% de sódio. Portanto, se o seu médico lhe disse para reduzir o sal, utilizar bicarbonato pode não ser uma boa saída, pois para eliminar um problema você poderá ocasionar outro. Segundo o Guia Alimentar do Ministério da Saúde, a recomendação diária de consumo de sódio para um adulto é de, no máximo, 1,7 g. Se você tem problemas com sódio, peça ao seu médico para recomendar uma alternativa mais segura.

2. Limpeza de alumínio

Panelas de alumínio

Como o bicarbonato de sódio é uma ótima pedida na hora da limpeza, costuma ser indicado também para higienização de panelas, mas não deve ser utilizado em panelas de alumínio. O bicarbonato de sódio reage com o alumínio e pode fazer com que suas panelas e frigideiras comecem a desbotar ou manchar.

3. Desodorização de geladeira

Geladeira

O bicarbonato neutraliza odores do interior de geladeiras... Mas só um pouco. Isso porque o recipiente em que a substância está, geralmente, tem uma pequena abertura, o que dificulta a reação do bicarbonato com os agentes causadores dos maus odores. Para que o bicarbonato de sódio seja realmente uma substância neutralizadora de odores, você precisa colocá-lo em bandejas grandes, na parte inferior de sua geladeira. Uma segunda opção é utilizar o carvão ativado - uma substância extremamente porosa e que irá oferecer uma superfície de contato maior para agarrar as moléculas de mau cheiro.

4. Focos de incêndio

Fogão

O bicarbonato até abafa as chamas de focos de incêndio, mas mesmo se você utilizasse montanhas do sal, é bem provável que não fosse suficiente. Por isso, opte sempre pelos extintores.

5. Acne

Menina com acne

O bicarbonato também é amplamente utilizado em cosméticos, como em desodorantes e produtos para o cabelo. Mas por ser uma substância levemente alcalina, algumas pessoas sugerem que ele não é viável para o tratamento de acne. A nossa pele tem um pH em torno de 5,5, devido às substâncias naturais do suor, que são ácidas. O bicarbonato, com suas propriedades neutralizantes, pode alterar o pH natural da pele. As alterações do pH podem influenciar na proliferação de bactérias que a colonizam, colaborando com o aparecimento de espinhas (veja mais aqui).

6. Fermento em pó

Bolo

Fermento e bicarbonato podem parecer a mesma coisa, mas não são. Ambos podem produzir dióxido de carbono nas condições certas, sendo capazes de produzir panquecas e biscoitos. No entanto, o bicarbonato de sódio reage com os ácidos já encontrados em alimentos - como soro de leite ou iogurte - para produzir o efeito do fermento. O fermento em pó, por outro lado, tem um ácido em pó que o torna um "autofermento". Usar somente o bicarbonato em algumas receitas talvez não seja o ideal, pois pode ser que você não obtenha o resultado esperado.


Fonte: Care2

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail