Lâmpada de LED e fibra ótica pode ter partes avulsas trocadas

Conceito elaborado por designer francês é mais durável e não consiste em obsolescência programada

O designer francês Elie Ahovi criou a lâmpada conceito Lit, que, inspirada nas lâmpadas tradicionais, combina a tecnologia de fibra óptica com os benefícios do LED. O resultado disso é uma maior durabilidade da lâmpada (ela dura, em média, 10 vezes mais que as lâmpadas LED comuns), além de intensidade de luz semelhante a de um modelo de 60W e que pode ser regulada. A cápsula de vidro da lâmpada pode ser comprada separadamente (e há alguns modelos diferentes e bem interessantes), bem como o soquete, o que evita aquele velho transtorno de comprar uma lâmpada e depois ter de trocá-la porque ela não coube no soquete que temos em casa. Confira algumas imagens abaixo:

Como se trata de um conceito, a ideia ainda precisa de apoio para sair do papel. Aparentemente, o projeto do designer seria ambientalmente correto, já que, além da durabilidade e do gasto menor de energia que uma lâmpada LED propicia, seria possível trocar apenas certas peças da lâmpada que se quebrassem, em vez de toda ela. Para ver esse e outros trabalhos de Elie Ahovi, visite seu site oficial.

Veja também:
Economizar energia faz toda a diferença

Soquete de fluorescente vira lâmpada LED

Fluorescentes: dos benefícios aos perigos


 

Comentários  

 
+1 #1 2013-04-05 21:10
Muito boa, alem de linda!
Citar
 
 
0 #2 2013-04-10 13:19
Excelente!! Essa lâmpada vai contra essa canalhice chamada "obsolescência programada".
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail