Setor da aviação adota novo padrão para emissões de CO2 das aeronaves

Haverá menos emissões de carbono com as novas medidas

Família tirando foto em avião
OIM/ Muse Mohammed

A Organização da Aviação Civil Internacional (ICAO) adotou, em 6 de março, novo padrão para emissões de dióxido de carbono das aeronaves. A medida visa a conter o impacto das emissões de gases do efeito estufa gerados pelos aviões sobre o clima global.

De acordo com o órgão da ONU, a novidade será aplicada para novos designs de jatos e aviões planejados a partir de 2020 e para aparelhos que já estarão em produção a partir de 2023.

“Mais uma vez, a aviação civil internacional tomou uma decisão pioneira para diminuir os impactos do setor no clima global”, afirmou o presidente do Conselho da ICAO, Olumuyiwa Aliu.

Já o secretário-geral da agência, Fang Liu, acredita que a decisão “histórica coloca o setor de transportes aéreos numa boa posição para um futuro mais verde”.

A medida segue um movimento manifestado em outubro de 2016 de reduzir as emissões de carbono dos aviões de passageiros e carga a partir de 2020 através de um mecanismo de compensação do gás.


Fonte: ONUBR

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail