Secretário-geral da ONU elogia iniciativa da União Europeia de acelerar ratificações ao Acordo de Paris para o clima

“Estou feliz com o fato de o Parlamento Europeu ter apoiado a aceleração das ratificações do Acordo de Paris”, disse Ban Ki-moon

Mar

A iniciativa do Parlamento Europeu permite que os Estados-membros da União Europeia entreguem seus instrumentos de ratificação do acordo o mais rápido possível, diretamente para as Nações Unidas.

Para entrar em vigor, o Acordo de Paris precisa da ratificação de 55 países, que representem ao menos 55% das emissões globais de poluentes. Até o momento, 62 países se uniram ao acordo, representando 52% das emissões mundiais.

“Com a ação do Parlamento Europeu, estou confiante de que conseguiremos chegar aos 55% logo, em poucos dias”, declarou o secretário-geral da ONU. “Vemos um esforço extraordinário de todos os cantos do mundo de colocar o Acordo de Paris em vigor este ano”.

“O Parlamento Europeu reafirmou assim seu apoio à ação urgente para combater o desafio climático e transformá-lo em uma oportunidade para a construção de sociedades mais seguras, saudáveis e prósperas.”

Em setembro, os dois maiores emissores de poluentes do mundo, a China e os Estados Unidos, ratificaram formalmente o pacto para o clima.

“A rápida ratificação demonstraria um renovado comprometimento da Europa com a cooperação internacional, que está no centro da identidade da União Europeia”, declarou Ban em seu discurso no Parlamento Europeu.

O Acordo de Paris para o clima estabelece metas de reduções de emissão de poluentes e prevê manutenção do aumento da temperatura global bem abaixo dos 2°Celsius.


Fonte: ONUBr

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail