Etiópia enfrenta a pior seca dos últimos 30 anos, alerta escritório humanitário da ONU

Condições climáticas do país foram alteradas pelo fenômeno ‘El Niño’, que reduziu volume de chuvas no verão, quando as precipitações chegam a abastecer 85% do território. Estiagem agrava a insegurança alimentar

Imagem: IRIN / Siegfried Modola

A Etiópia enfrenta a pior seca dos últimos 30 anos, segundo relatório publicado no dia 26 de setembro pelo Escritório das Nações Unidas de Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA).

De acordo com a agência da ONU, as condições climáticas do país foram alteradas pelo fenômeno "El Niño", que provocou a escassez das chuvas de verão, responsáveis pelo abastecimento de até 85% do território do país. Previsões para 2016 indicam que a situação tende a piorar.

Somada aos baixos volumes de precipitações durante a primavera, a atual estiagem tem consequências significativa para a população. “Isso expandiu enormemente a insegurança alimentar e a má nutrição e devastou meios de subsistência por seis regiões afetadas do país”, afirmou o OCHA.

A ONU, em conjunto com o governo etíope, tem realizado reuniões com doadores e nações parceiras a fim de solicitar mais contribuições para lidar com a crise.

Apesar da seca em grande parte da Etiópia, o escritório das Nações Unidas alertou também para as enchentes recorrentes na região somali, onde o nível do rio Wabishabelle tem aumentado por conta de chuvas pesadas provocadas pelo mesmo fenômeno climático que está causando a estiagem, o "El Niño".

Na semana passada, esse rio transbordou e inundou comunidades à margem do curso d’água, no distrito de Imy, forçando 700 famílias a buscarem refúgio nas áreas urbanas. Os distritos de Mustahil e Kelafo, divisões administrativas afetadas comumente pelas secas, também correm o risco de serem alagados pelo Wabishabelle.

A Força-Tarefa Nacional para Enchentes está preparando planos de contingência para reduzir e mitigar os impactos das possíveis cheias.

Fonte: ONUBr

Veja também:
-FAO alerta para estiagem e queda da produção de alimentos na América Central devido a El Niño
-Em 2015, mundo teve os nove meses mais quentes já registrados


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail