Substância química que dá cheiro aos pinheiros pode ser usada para fazer plástico renovável

Pineno seria utilizado no lugar dos derivados de petróleo para formar o produto tão presente na indústria atual

Pinheiros
Imagem: Szczygly

O plástico é um material incrivelmente útil e versátil, mas também se tornou uma praga por causa da grande quantidade de material descartado todos os dias, e que acaba em aterros sanitários e nos oceanos. É feito de petróleo, um combustível fóssil, o que aumenta o seu impacto ambiental (veja mais em "De onde vêm e o que são os plásticos?").

Há tipos de plástico ambientalmente mais amigáveis,como os feitos do milho ou da cana-de-açúcar, mas frequentemente a produção conta com alguns derivados de petróleo cru. Uma nova descoberta da Universidade de Bath, no Reino Unido, no entanto, mostrou que um produto originado a partir de resíduos de pinheiros poderia dar origem a um plástico totalmente renovável, livre de combustíveis fósseis.

Pineno é o químico que dá cheiro ao pinheiro. Ele é frequentemente descartado como resíduos pela indústria de papel. Os pesquisadores descobriram que os poliésteres degradáveis, que são feitos de milho ou cana-de-açúcar e precisam ser misturados com uma caprolactona (feita com petróleo cru para ser mais flexível), podem ser misturados com pineno em vez disso.

O plástico resultante é flexível e forte e completamente desprovido de combustíveis fósseis.

"Nós não estamos falando sobre a reciclagem de árvores de Natal antigas em plásticos, mas sim usando um produto de resíduos da indústria que, de outra forma, seria jogado fora, e transformando-o em algo útil", disse Helena Quilter, uma estudante de doutorado no Centro Universitário para Tecnologias Químicas Sustentáveis". Portanto, se pudermos fabricar um plástico a partir de fontes sustentáveis, isso poderia fazer uma grande diferença para o meio ambiente."

Os pesquisadores vêem a novidade como substituta para plásticos de uso único e vislumbram uma gama de possibilidades de utilização para fins médicos, como implantes. Os pesquisadores também estão trabalhando sobre esses tipos de plásticos usando limoneno, um resíduo químico da indústria de cítricos.

Apesar de o plástico ser sustentável em sua fabricação, a universidade ainda não disse se ele será biodegradável.


Fonte: Treehugger

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail